• Em ação conjunta, PRF e ADAB interditam caixas de inseticidas com suspeita de falsificação

    Foto: Divulgação

    Equipes da Polícia Rodoviária Federal (PRF) e da Agência de Defesa Agropecuária da Bahia (BA) realizaram uma ação conjunta e interditaram lotes de agrotóxico com suspeita de falsificação. A ação aconteceu durante fiscalização a um estabelecimento comercial na cidade de Feira de Santana. Ao tomar conhecimento que uma loja de produtos agropecuários estaria comercializando e mantendo em estoque um lote de inseticidas com suspeita de falsificação, as equipes diligenciaram e compareceram no local para averiguação. Durante a vistoria no estabelecimento comercial, foram interditados 532 litros de um tipo de inseticida comumente utilizado na lavoura. Suspeita-se que o material tenha sido produzido por uma distribuidora responsável pela falsificação. Os defensivos agrícolas ilegais, por não seguirem as diretrizes e exigências do Ministério da Agricultura, do Ibama, da Anvisa e dos órgãos estaduais de defesa agropecuária, representam prejuízos ao agricultor pela baixa eficácia, além de causar danos ao meio ambiente, à saúde do aplicador e do consumidor.