• Durante o feriadão, mais de 11 flagrantes de ultrapassagens irregulares foram registradas por hora na Bahia

    Foto: Divulgação /PRF-BA

    A Polícia Rodoviária Federal (PRF) encerrou, às 23h59 de domingo (4), a Operação Semana Santa 2021 na Bahia. Neste ano, durante os quatro dias de operação, que teve início no dia 1 (quinta), os policiais flagraram 1.096 motoristas ultrapassando em local proibido. Esse tipo de infração é responsável pela maioria dos acidentes do tipo colisão frontal, onde o motorista não consegue efetuar em tempo a manobra de ultrapassagem ou força a ultrapassagem, colidindo frontalmente com o veículo que está trafegando no sentido contrário. A conduta irregular de ultrapassar em faixa amarela contínua é infração gravíssima, com multa de R$ 1.467,35 e rende 7 pontos na carteira. Em caso de reincidência em 12 meses, a multa é dobrada. Nunca é demais enfatizar que a colisão frontal, quase sempre causada pelas ultrapassagens indevidas, é tipo de acidente que mais fere gravemente e mata pessoas em rodovias do país inteiro, além de ocasionar perdas irreversíveis. Vale ressaltar que um leito utilizado pela vítima de um acidente de trânsito que poderia ter sido evitado é um leito a menos para o tratamento das vítimas do Coronavírus.