• Comitê de Recuperação de Ativos desenvolve ações de combate à sonegação fiscal na Bahia

    Foto: Reprodução

    O Comitê Interinstitucional de Recuperação de Ativos (CIRA) se reuniu na manhã desta quinta-feira (8), de forma online, para discutir e planejar medidas de combate à sonegação fiscal este ano e avaliar o trabalho realizado em 2020. O secretário da Segurança Pública, Ricardo Mandarino, participou do encontro. Criado em 2012 com o objetivo de integrar os órgãos do Estado com foco na recuperação de ativos de titularidade do Estado, o comitê conta com a participação de representantes dos poderes Executivo e Judiciário, além do Ministério Público. “Acredito que agora, mais do que nunca, o trabalho intenso na recuperação de ativos se mostra extremamente importante, devido à pandemia. Recursos que fazem diferença na melhor prestação de serviços aos cidadãos ”, afirmou o titular da SSP. Também participaram do encontro o superintendente de Inteligência da SSP, Ivo Tourinho, a delegada-geral da Polícia Civil, Heloísa Brito, o secretário da Fazenda, Manoel Vitório, a procuradora Geral de Justiça, Norma Angélica, o procurador Geral do Estado, Paulo Moreno, entre outras autoridades.







  • Governo arrecada R$ 32,7 milhões em leilão de trecho Ilhéus-Caetité da Fiol

    Foto: Elói Corrêa/GovBA

    Em leilão realizado nesta quinta-feira (08), na sede da B3, em São Paulo, o trecho da Ferrovia de Integração Oeste-Leste (Fiol 1), que vai de Ilhéus a Caetité, foi arrematado em proposta única por R$ 32.730.000,00 pela Bahia Mineração S/A (Bamin). De acordo com informações do G1, a Bamin ficará responsável pela finalização do empreendimento e pela operação do trecho, em uma concessão que vai durar 35 anos, totalizando R$ 3,3 bilhões de investimentos. Desse total, R$ 1,6 bilhão será utilizado para a conclusão das obras, que estão com 80% de execução. Além disso, a subconcessão da Fiol vai permitir a criação de 55 mil empregos diretos, indiretos e efeito-renda ao longo da concessão. O traçado da Fiol 1 passará pelas seguintes cidades baianas: Ilhéus, Uruçuca, Aureliano Leal, Ubaitaba, Gongogi, Itagibá, Itagi, Jequié, Manoel Vitorino, Mirante, Tanhaçu, Aracatu, Brumado, Livramento de Nossa Senhora, Lagoa Real, Rio do Antônio, Ibiassucê e Caetité.







  • Bahia registra 3.451 novos casos de Covid-19 e mais 125 óbitos pela doença

    Na Bahia, nas últimas 24 horas, foram registrados 3.451 casos de Covid-19 (taxa de crescimento de +0,4%) e 3.330 recuperados (+0,4%). O boletim epidemiológico desta quinta-feira (8) também registra 125 mortes. Dos 828.466 casos confirmados desde o início da pandemia, 798.297 já são considerados recuperados, 13.937 encontram-se ativos e 16.232 tiveram óbito confirmado. O boletim epidemiológico contabiliza ainda 1.143.644 casos descartados e 188.670 em investigação. Na Bahia, 45.968 profissionais da saúde foram confirmados para Covid-19.  O número total de óbitos por Covid-19 na Bahia desde o início da pandemia é de 16.232, representando uma letalidade de 1,96%. Dentre os óbitos, 55,32% ocorreram no sexo masculino e 44,68% no sexo feminino.







  • Bahia recebe mais 281.400 doses de vacinas, entre Coronavac e Astrazeneca

    Foto: Divulgação/Sesab

    Mais 281.400 doses de vacinas contra a Covid-19 chegaram à Bahia nesta quinta-feira (8). Do total, 152 mil foram produzidas pela Fiocruz/Astrazeneca/Oxford e 129.400 pelo Butantan/Sinovac. Com esta carga, que chegou ao aeroporto de Salvador por volta das 9h45, o estado totaliza 3.274.950 doses recebidas, entre Coronavac e Oxford, desde o dia 18 de janeiro, quando chegou a primeira remessa. Este é o décimo segundo envio que chega à Bahia. O secretário da Saúde da Bahia, Fábio Vilas-Boas, explica que “as vacinas serão enviadas imediatamente aos municípios, em uma operação que conta com aeronaves do Grupamento Aéreo [Graer] da Polícia Militar e da Casa Militar do Governador [CMG], logo após a conferência da carga pela equipe de imunização do estado”. As vacinas que chegaram nesta quinta-feira (8) serão enviadas, exclusivamente, aos municípios que aplicaram 85% ou mais das doses anteriores. Esta é uma decisão da Comissão Intergestores Bipartite (CIB), que é uma instância deliberativa da saúde e reúne representantes dos 417 municípios e o Estado. Esta nova remessa dará possibilidade de que continue sendo imunizado o público-alvo da primeira fase do plano de vacinação contra Covid-19. Em definição feita em CIB, há ainda autorização para os municípios que conseguirem alcançar as metas da primeira fase, ampliarem a aplicação das doses para idosos de 60 anos ou mais. A população quilombola, pessoas com doença renal crônica em tratamento de hemodiálise e profissionais das forças de segurança também continuarão a ser vacinados, como ficou definido em reunião da CIB. Em um comparativo nacional, a Bahia está posicionada como segundo estado que vacinou o maior percentual da população. Os dados precisos, com número de pessoas vacinadas, são atualizados regularmente e podem ser encontrados no painel de vacinação da Secretaria da Saúde do Estado.







  • Brumado: Secretaria anuncia nova etapa de vacinação 2ª dose Covid-19
    Brumado: Secretaria anuncia nova etapa de vacinação 2ª dose Covid-19


  • Com Covid-19, presidente da Câmara de Brumado é transferido para Vitória da Conquista

    Foto: Destaque Bahia

    Na última terça-feira (06), o presidente da Câmara de Vereadores de Brumado, vereador José Carlos Marques Pessoa (PSB) foi diagnosticado com Covid-19. Uma tomografia detectou que   25% de sua capacidade pulmonar estava comprometida por conta da doença e ele deu entrada no Centro de Atendimento Covid-19.  No entanto, nesta quinta-feira (08), o vereador foi transferido para uma unidade de saúde em Vitória da Conquista, onde recebe atendimento especializado.  







  • Brumado registra mais 03 mortes por Covid-18






  • Pax emite nota de Pesar pelo falecimento de Renilda

    Muito carismática e sempre disposta a servir o próximo, o falecimento de Renilda deixou muitos brumadenses consternados. Renilda foi mais uma vítima do Covid-19.



  • PRF na Bahia flagrou 310 pessoas sem cinto de segurança no feriado da Semana Santa

    Foto: Divulgação /PRF-BA

    A Polícia Rodoviária Federal (PRF) finalizou, neste domingo (04), a Operação Semana Santa 2021. A ação teve início no último dia 01. Durante às abordagens, os agentes federais flagraram 310 pessoas sem cinto de segurança. A quantidade de ocorrências de motociclistas ou carona sem capacete chegou a 102. O uso do cinto de segurança é obrigatório no Brasil para motoristas e passageiros, inclusive no banco de trás. O mesmo tipo de obrigatoriedade ocorre com capacete para condutor e passageiro de motocicletas. O fato de o motociclista não usar o capacete ou pessoas não usarem cinto de segurança em automóveis é determinante na gravidade dos acidentes. As fiscalizações da PRF na Bahia flagraram ainda 25 condutores sob efeito de álcool e 40 crianças sem cadeirinha; foram flagradas 1.096 ultrapassagens indevidas e 15 motoristas foram flagrados trafegando manuseando o aparelho celular.







  • Coordenação de Combate à Corrupção e Lavagem de Dinheiro na Bahia ganha novas viaturas

    Foto: Haeckel Dias

    A Coordenação Especializada de Combate à Corrupção e Lavagem de Dinheiro (Ceccor-LD) do Departamento de Repressão e Combate ao Crime Organizado (Draco) ganhou novas viaturas na manhã desta quarta-feira (7). Os veículos serão usados para investigação dos crimes cometidos contra a administração pública. A solenidade de entrega aconteceu no prédio-sede da Polícia Civil. “Essa é a primeira entrega deste projeto. Outros equipamentos voltados à investigação vão ser concedidos até o final do ano. Essas viaturas representam uma nova visão da investigação policial”, afirmou a delegada Ilma Leonor Magarão Paiva, coordenadora do Escritório de Projetos e Processos (EPP), responsável pela captação dos recursos em convênio com o Ministério da Justiça e Segurança Pública.  Para o diretor do Draco, delegado José Bezerra, as novas viaturas são de grande importância para as investigações. “É a realização de um sonho. Esses veículos chegam em uma boa hora, pois vão oferecer mais recursos para que essa unidade possa se destacar”, contou.  A Delegada-Geral, Heloísa Campos de Brito, ressalta a importância deste momento para a Instituição. “É preciso que a gente deite nossos olhares nessa especificação de combate a crimes contra a administração pública, que têm o impacto para a sociedade no combate da corrupção, além de fortalecer a postura da Polícia Civil na elucidação desses crimes”, acrescentou.







  • Câmara aprova criação de programa emergencial para setor de eventos

    Foto: Reprodução

    O plenário da Câmara dos Deputados aprovou nesta quarta-feira (7) o projeto de lei que cria o Programa Emergencial de Retomada do Setor de Eventos (Perse). O projeto prevê o parcelamento de débitos de empresas do setor de eventos com o Fisco federal, além de medidas para compensar a perda de receita em razão da pandemia de covid-19. A matéria segue para sanção presidencial. De acordo com informações da Agência Brasil, poderão aderir ao programa empresas de hotelaria em geral; cinemas; casas de eventos; casas noturnas; casas de espetáculos e empresas que realizem ou comercializem congressos, feiras, feiras de negócios, shows, festas, festivais, simpósios ou espetáculos em geral e eventos esportivos, sociais, promocionais ou culturais, além de entidades sem fins lucrativos. A relatora incluiu no texto aprovado buffets sociais e infantis como pertencentes ao setor de eventos. O texto prevê alíquota zero  do PIS/Pasep, da Cofins e da Contribuição Social sobre o Lucro Líquido (CSLL) por 60 meses e a extensão, até 31 de dezembro de 2021, do Programa Emergencial de Acesso a Crédito (Peac) para as empresas do setor. A regra geral prevê desconto de até 70% sobre o valor total da dívida e até 145 meses para pagar, exceto os débitos previdenciários, para os quais a Constituição limita o parcelamento em 60 meses. Podem ser parcelados débitos com a Receita Federal e com a Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional.







  • Vacinação: CoronaVac é efetiva contra variante brasileira da covid-19

    Foto: Reprodução

    A vacina CoronaVac, imunizante fabricado pelo Instituto Butantan e pela farmacêutica chinesa Sinovac, é 50% eficiente contra a variante P.1 da covid-19, que surgiu em Manaus e que já predomina em diversos estados do país. A efetividade em prevenir o adoecimento foi confirmada 14 dias após a aplicação da primeira dose. De acordo com informações da Agência Brasil, o estudo foi feito com 67.718 trabalhadores da área da saúde de Manaus e foi divulgado hoje (7) pelo grupo Vebra Covid-19, que reúne pesquisadores de instituições nacionais e internacionais, secretarias estaduais de Saúde do Amazonas e de São Paulo e as secretarias municipais de Saúde de Manaus e São Paulo, apoiado pela Organização Pan-Americana de Saúde (Opas). A pesquisa ainda não avaliou a efetividade após a aplicação da segunda dose, o que vai ser coletado agora, nas próximas semanas. “Na análise interina, a efetividade da CoronaVac foi de 50% na prevenção da doença sintomática pela covid-19”, diz o relatório do estudo preliminar. “Esses resultados são encorajadores porque a CoronaVac continua sendo efetiva na redução do risco de doença sintomática em um cenário com > (maior que) 50% de prevalência da P.1”, diz o estudo. “Esses achados apoiam o uso contínuo dessa vacina no Brasil e em outros países com a circulação da mesma variante”, disseram os pesquisadores.







  • Mirante: Vereador Bruno Pitombo busca soluções para abastecimento de água e segurança pública

    Nesta quinta-feira (08), o vereador do município de Mirante, Bruno Pitombo esteve em reunião com o deputado federal Paulo Magalhães, em um primeiro contato após o início do mandato no Legislativo. "Discutimos o andamento do sistema de abastecimento de água para a comunidade do Areião, que está sendo acompanhando pelo deputado e faz parte de um compromisso nosso com a cidade. E que será cumprido. Aproveitando, inclusive, que hoje é lembrado como Dia Mundial da Saúde, acertamos algumas parcerias futuras para beneficiar nossa população", disse o vereador. Na ocasião do encontro, o deputado intermediou ainda uma reunião do vereador com o Major Alécio, que será na próxima semana, para conversar sobre questões relacionadas à segurança e ao policiamento da cidade e comunidades. "Meu trabalho enquanto vereador será guiado muito nesse sentido de ir atrás de soluções. A parceria com o deputado Paulo fortalece nossa cidade junto aos governos Federal e Estadual para conseguirmos intermediar ações, recursos ou contatos. O poder legislativo municipal, ou seja, nós, vereadores, tem condições, sim, de atuar como um canal de fortalecimento das relações da cidade com os governos. É assim que fazemos valer o voto de vocês e que aumentamos a visibilidade de nossa cidade junto aos demais poderes. A boa política é feita dessa forma, com união em torno dos interesses das pessoas. As necessidades de cada morador de Mirante precisam sempre estar acima de qualquer interesse pessoal ou partidário. E justamente por isso, já expresso publicamente meu agradecimento ao deputado Paulo Magalhães pela atenção e carinho com que vem me recebendo e tratando das questões de nossa cidade", concluiu o vereador.



  • Unidades de Assistência Respiratória na Bahia aceleram a recuperação precoce de pacientes com Covid-19

    Foto: Divulgação

    À medida que os aprendizados com a pandemia vão surgindo, novas técnicas e estratégias vão sendo implantadas para salvar vidas. Uma delas é a implantação de Unidades de Assistência Respiratória (UARs), iniciativa pioneira no SUS na Bahia, e que já mostra resultados significativos. Nos cerca de 20 dias em que os leitos estão efetivamente funcionando, os pacientes assistidos nessas unidades obtiveram uma recuperação precoce da Covid-19, sendo transferidos em poucos dias para leitos de enfermaria clínica e não evoluíram para a necessidade de terapia intensiva (UTI) e intubação. “A fisioterapia respiratória fez toda a diferença na minha recuperação da Covid-19. Os exercícios e os aparelhos utilizados, todos os dias, garantiram que meu corpo respondesse e se recuperasse mais rapidamente”, afirma o secretário da Saúde do Estado, Fábio Vilas-Boas. Após vencer a Covid, o secretário aplicou a vivência na criação dos leitos de assistência respiratória na Bahia. “Assim, os pacientes conseguem ter suporte não invasivo, sem necessidade de intubação e, dessa forma, nós poupamos leitos de UTI, podendo deixá-los, apenas, para os casos mais graves”, acrescentou. Na Bahia, até o momento, leitos do tipo estão implantados no Hospital Regional Costa do Cacau (HRCC), em Ilhéus, nos recém-inaugurados Hospital Metropolitano (HM) e Riverside, ambos em Lauro de Freitas, e em algumas unidades da rede própria da Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab). Nos sete leitos de UAR em funcionamento no HRCC, dos 34 pacientes atendidos, 21 conseguiram se recuperar precocemente da Covid-19, o que representa 61% do total, e foram transferidos para a enfermaria em poucos dias para finalizar o tratamento. Atualmente, o tempo médio de permanência na UAR tem sido de quatro dias. Já no Hospital Metropolitano, no qual 120 leitos de assistência respiratória estão funcionando, também se nota um resultado promissor na recuperação dos pacientes.







  • Bahia registra novo recorde de óbitos por Covid-19 em 24 horas

    Nesta quarta-feira (7) foram registrados 189 óbitos por Covid-19, o maior número desde o início da pandemia em um boletim epidemiológico sobre a doença. Anteriormente este recorde havia sido no dia 31 de março, quando houve registro de 160 mortes. Apesar de os óbitos terem ocorrido em diversas datas, a confirmação e registro foram contabilizados nesta quarta-feira (7). O número total de óbitos por Covid-19 na Bahia desde o início da pandemia é de 16.107, representando uma letalidade de 1,95%. Dentre os óbitos, 55,31% ocorreram no sexo masculino e 44,69% no sexo feminino. Na Bahia, nas últimas 24 horas, foram registrados 3.712 casos de Covid-19 (taxa de crescimento de +0,5%) e 3.442 recuperados (+0,4%). Dos 825.015 casos confirmados desde o início da pandemia, 794.967 já são considerados recuperados, 13.941 encontram-se ativos e 16.107 tiveram óbito confirmado.

    Bahia registra novo recorde de óbitos por Covid-19 em 24 horas