BUSCA PELA CATEGORIA "ITUAÇU"

  • Carreta desgovernada atinge veículo e imóveis na BA-142, trecho urbano de Ituaçu

    Mais um acidente foi registrado na BA-142, trecho urbano da cidade de Ituaçu, na entrada da cidade, após a serra. Desta feita, no final da tarde de segunda-feira (20/05), o condutor de uma carreta, teria perdido o controle do veículo, vindo a descer a serra de forma desgovernada, momento que acabou colidindo contra um Fiat Uno, e parando somente após atingir alguns imóveis. Os danos só não foram maiores, porque desde o último acidente naquele local, nada mais foi construído devido ao medo de novos acidentes. Apesar da gravidade, não houve registro de vítimas fatais, sendo solicitado socorro médico via SAMU-192, apenas para o condutor da carreta, no entanto não há informações sobre seu estado de saúde. 







  • Policial Militar sofre acidente na BA-142 na descida de Ituaçu

    Um acidente com feridos foi registrado na noite de domingo (31/03), no KM 309, na BA-142, trecho entre Ituaçu e Barra da Estiva. De acordo com informações da Polícia Rodoviária Estadual, supõe que um Fiat Strada, tenha colidido na traseira de uma motocicleta, em seguida acabou capotando, causando danos materiais e pessoais. As vítimas foram socorridas pela Unidade Básica do SAMU 192. O condutor da Strada, identificado como Claudemir D.S.F, 49 anos, teve ferimentos, sendo encaminhados para o Hospital Geral de Vitória da Conquista com escoriações. Já o condutor da motocicleta, Antônio C.N.J de 43 anos, foi encaminhado para o Hospital Municipal de Ituaçu.







  • Mulher que matou o esposo em  Ituaçu responderá em liberdade, juiz considerou legítima defesa

    A mulher acusada de matar o próprio marido no últim domingo (28/01), teve durante audiência de custodia, liberdada consedida mediante medida cautelar ou a concessão da prisão domiciliar. Durante a audiência foi citado que  a flagranteada é mãe de duas crianças e responsável pelo sustento do domicílio. De igual modo, não evadiu-se do local do fato e contribuiu para a colheita de informações e instrumentos do crime. Por fim, há indícios de que o fato foi realizado dentro das circunstâncias do exercício da legítima defesa. O fato em questão ocorreu na comunidade conhecida como Balduíno, no povoado de Laranjeiras. A vítima identificada como José Carlos de Oliveira, 43 anos, foi morto com um golpe de faca que lhe atingiu o peito.  







  • Mulher mata o próprio esposo em Ituaçu, à polícia ela alegou legitima defesa

    Uma mulher mulher matou o próprio esposo na zona rural de Ituaçu, numa localidade conhecida como Balduíno, povoado das laranjeiras.
    José Carlos de Oliveira, 43 anos, foi morto com um golpe de faca que lhe atingiu o peito, desferido pela esposa, Diana Silva.
    A ocorrência foi registrada na manhã desta segunda-feira (29), mas o fato teria ocorrido na noite de ontem, por volta das 19h.
    À polícia, Diana disse que foi agredida após uma discussão e, apesar de ter pedido para que o esposo parasse, as agressões teria continuado e, pra se defender, pegou uma faca na cozinha e golpeou o esposo no peito. A mulher foi encaminhada à delegacia para ser ouvida.







  • Jaguatirica é atropelada após fugir de queimada na região de Ituaçu

    Uma jaguatirica adulta foi encontrada morta na quarta-feira (22), em um trecho da BA-142, entre as cidades de Ituaçu e Tanhaçu. Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), a suspeita é de que o animal tenha sido atropelado após fugir de uma queimada em uma área de mata. Segundo populares, o motorista transitava na rodovia em um carro de passeio, quando foi surpreendido por três onças. O mesmo buscou diminuir a velocidade, tendo inclusive desviado de dois animais, no entanto, um terceiro acabou sendo atingido. A Jaguatirica não resistiu ao impacto da colisão e nem aos ferimentos. De acordo com a PRF, nessa época do ano o risco de acidentes com animais nas rodovias baianas aumenta, porque eles fogem das queimadas, comuns nesta época do ano, e buscam abrigo por causa do calor.







  • Após ser proibido de ter acesso as dependências da Câmara de Vereadores de Ituaçu, cidadão consegue na justiça liminar favorável

    Após ter sido proibido de acessar as dependências da Câmara de Vereadores de Ituaçu, o cidadão Aelson Neto, entrou na justiça contra o legislativo ituaçuense, por abuso de autoridade. No processo, ele está sendo defendido pelo advogado Ismerim Medina, considerado um dos melhores advogados eleitorais do estado. Segundo consta,  Aelson participou da sessão ordinária legislativa em 20/10/2023 e, após certo fato, expressou sua indignação para o Presidente em exercício, vereador Jose Cesar Wanderley Brito. Na sessão seguinte, em 27/10/2023, o Presidente da casa, Almir Santos Pessoa, determinou a proibição do autor de acessar as dependências da Câmara e a presença nas sessões legislativas por tempo indeterminado. A decisão favorável a Aelson, saiu nesta terça-feira (21/11), onde o juiz de Direito, Raimundo Saraiva Barreto Sobrinho, da Vara Criminal de Ituaçu, concedeu liminar garantido o direito do cidadão de ter novamente o livre acesso na Câmara de Vereadores de Ituaçu. 

    Após ser proibido de ter acesso as dependências da Câmara de Vereadores de Ituaçu, cidadão consegue na justiça liminar favorável

    Na decisão do magistrado, é relatado que as sessões da Câmara são abertas ao público. A exigência de transparência dos atos legislativos impõe que o ingresso do cidadão nas galerias dos plenários seja mais do que um direito, mas uma garantia individual constitucional, uma vez que todo o poder emana do povo, que o exerce por meio de representantes eleitos”, bem como qualquer cidadão poderá assistir às sessões da Câmara, exceto as de caráter secreto, na parte do recinto que lhe é reservada.” O juiz ainda fixou multa diária de R$ 1.000,00 (mil reais) em caso de descumprimento, limitada à R$ 50.000,00, imposta de forma pessoal, bem como relatou que a autoridade coatora ciente da possibilidade de responsabilização pelo cometimento do crime de desobediência, além da possibilidade de imposição de multa em caso de descumprimento, por ato atentatório à dignidade da Justiça.







  • Vereador critica atendimento a cidadãos de Contendas em Posto de Saúde de Ituaçu, mas prefeita rebate 'questão de humanidade'

    Na sessão da última sexta-feira (26), na Câmara de Vereadores de Ituaçu, o Vereador Ronaldo gerou um debate acalorado ao fazer duras críticas ao atendimento no Posto de Saúde do Campo Grande, localizado no município de Ituaçu, a cidadãos da cidade vizinha Contendas do Sincorá. O vereador afirmou que Ituaçu não está tendo nenhum lucro com isso.

    O vereador Ronaldo foi bastante enfático em sua fala: “Eu acho que deveria ter uma política para proibir esses atendimentos de outro município no município da gente. Emergência tem que ser atendido em qualquer lugar, qualquer hora que chegar tem que atender. Até na hora que o médico tiver dentro do carro pra sair, ele tem que sair do carro e atender. É uma emergência! Agora esse atendimento de área descoberta, como Campo Grande faz ali, é o pessoal de Contendas levando nosso remédio, levando tempo do nosso medico, que era pra tá atendendo o ituacuensse tá atendendo o povo de Contendas. Uma área descoberta que atende várias pessoas do município de Contendas. Qual o lucro que vem pra Ituaçu? Nenhum!”.

    No pronunciamento surpreendente que seguiu as críticas de vereador, a prefeita de Contendas do Sincorá, Margarete, defendeu a prática de atendimento a cidadãos de cidades vizinhas nos postos de saúde. A prefeita alegou que essa é uma questão de humanidade e que a cidade que ela representa também acolhe moradores de municípios circunvizinhos em seus postos de saúde.

    A prefeita Margarete argumentou que o atendimento a cidadãos de cidades vizinhas é uma prática comum em várias cidades da região e é fundamental para garantir o acesso à saúde para todos, independentemente de sua cidade de origem. Ela destacou que a cidade de Contendas do Sincorá também acolhe cidadãos de municípios próximos e enfatizou a importância da solidariedade e da cooperação entre os municípios em questões de saúde.

    “A Secretaria Municipal de Saúde de Contendas do Sincorá, a assistência médica à população das comunidades e povoados situados em áreas de divisa e que ficam distantes de suas sedes, é usual, não só em Ituaçu, mas como em todos os municípios da região, inclusive Contendas do Sincorá.

    A Secretaria Municipal de Saúde de Contendas do Sincorá atende parte da população do Povoado São Jorge, que pertence a Barra da Estiva, como presta assistência à população em áreas limítrofes à Contendas, situadas nos municípios de Mirante e Manoel Vitorino. A Secretaria de Saúde de Barra da Estiva, por exemplo, atende pessoas de Ibicoara e Iramaia e, deste modo, essa situação ocorre com outros municípios do sudoeste baiano e Chapada Diamantina. Um percentual significativo de medicamentos nos é fornecido pelo Governo da Bahia, assim como ocorre nos municípios da região. Dessa forma, trata-se de uma questão de humanidade e cuidado com o ser humano não negar atendimento a pessoas que vivem distantes das sedes de seus municípios de origem”, disse a Prefeita.

    Em decorrência do interesse público, o Destaque Bahia identificou que, em diversos municípios, está ocorrendo o atendimento de cidadãos que residem em outras cidades. Essa constatação levanta questões significativas relacionadas à distribuição de recursos e serviços públicos, exigindo uma análise mais aprofundada para melhor atender às necessidades da população e garantir uma alocação eficiente de recursos.

    Para garantir que a população seja bem atendida e que os fatos sejam esclarecidos de maneira adequada, o Destaque Bahia compromete-se a monitorar de perto o funcionamento dos postos de saúde em Ituaçu e fornecerá informações oportunas à comunidade. Isso assegura transparência e uma abordagem responsiva para atender às necessidades de saúde dos cidadãos, bem como para promover a eficácia dos serviços públicos.

    O Destaque Bahia entrou em contato com o vereador Ronaldo para se manifestar acerca da fala da Prefeita Margarete, no entanto, até a publicação da matéria, o vereador não havia dado retorno.







  • Trio é capturado pela CIPE Central com drogas em Ituaçu

    Na manhã de segunda-feira (23), policiais da Cipe Central apreenderam maconha no município de Ituaçu, localizado no sudoeste da Bahia. Os pms foram acionados pelo Cicom para averiguar uma denúncia de tráfico de drogas na região. Ao chegarem, os militares encontraram três indivíduos nervosos, sendo encontradas 31 porções de maconha, três balanças de precisão e embalagens para acondicionamento e comercialização de entorpecentes. Os três suspeitos e os materiais apreendidos foram encaminhados à delegacia de Brumado,  onde foram adotadas as medidas cabíveis.







  • Vereadores votam contra projeto do prefeito de Ituaçu que tirava direito dos profissionais de enfermagem

    Foto: Destaque Bahia

    O Projeto de Lei de número 13/2023 de autoria do Prefeito de Ituaçu Phellipe Brito, referente ao Piso da Enfermagem foi reprovado pela maioria dos vereadores na segunda votação ocorrida na câmara de vereadores nesta sexta-feira (06). Na primeira votação o projeto foi aprovado pela maioria dos vereadores, com exceção de Adriano e Márcio Aparecido, que votaram contra, por entenderem que o projeto prejudicava a classe da enfermagem. Causou grande repercussão os posicionamentos dos dois vereadores que defendiam que o Piso da Enfermagem deve ser conforme já previsto em lei e, não com alteração, conforme pretendia o gestor e que a própria classe foi contra, por entender que tiraria direitos. Com a repercussão da reportagem, os vereadores da base do prefeito foram pressionados tanto pelos profissionais de saúde, quanto pela população que manifestaram de forma intensa nas redes sociais pedindo para que os mesmos seguissem os votos de Adriano e Marcinho, para que o projeto fosse reprovado – assim foi feito. Votaram contra o projeto do prefeito: Márcio Aparecido “Marcinho de Noé”, Adriano Machado, Joel Teixeira, José César Wanderley “César do Povo”, Tertulina Silva “Nenê de Dona Santa”, Nei de Tranqueiras e Zé Paixão. Votaram favoráveis ao projeto doe prefeito os vereadores Ronaldo da Silva e Sivaldinho. O vereador Branco do Guigó se absteve e por ser presidente da Casa, o vereador Almir não votou.  Todos que mudaram o posicionamento quanto aos votos deixaram claro que seguiam os vereadores Márcio e Adriano porque os mesmos foram aplaudidos pelos seus posicionamentos a favor da classe da enfermagem.







  • 'Fora da realidade', Vereador questiona preço pago em aluguel de veículos pela prefeitura de Ituaçu

    O vereador Márcio Aparecido "Marcinho de Noé", fez um grave questionamento na sessão da câmara da última sexta-feira (29). Em sua fala, o mesmo disse que a prefeitura de Ituaçu alugou dois veículos por preços considerados "fora da realidade". O vereador ainda questionou o fato do prefeito Phellipe Brito não querer pagar o Piso da Enfermagem conforme já estabelecido; veja o vídeo!
    Tentamos contato através do telefone:  (77) 3415-2418 disponivel no site da prefeitura para um posicionamento da administração, mas o mesmo consta como inexistente.



  • CIPPA Lençóis desarticula grupo de caçadores que atuavam em Ituaçu

    Na tarde do último domingo (10), a Companhia Independente de Polícia de Proteção Ambiental, a Cippa Lençóis, prendeu um homem em flagrante, no momento em que ele caçava na zona rural do município de Ituaçu. A guarnição recebeu denúncia sobre a presença frequente de caçadores e durante o patrulhamento em uma das estradas vicinais, a equipe visualizou rastros de pneus de motocicletas e de cachorros indo em direção ao interior da mata. Após incursões a pé, foi avistado um dos envolvidos e, em outro ponto, foi possível ouvir disparo de arma de fogo e latidos de cães. Em nova incursão foram avistados mais quatro homens – dois foram abordados e os demais conseguiram empreender fuga. Com os envolvidos foram encontradas três armas de fogo, apetrechos para caça, três motocicletas e sete cachorros. Os veículos foram encaminhados para adoção de medidas administrativas e os cães ficaram sob os cuidados de um funcionário público municipal. Os envolvidos, as armas e os demais materiais foram apreendidos e entregues na Delegacia de Polícia Civil de Brumado, para medidas cabíveis.



  • Acidente deixa vítima fatal na BA-142 entre Tanhaçu e Ituaçu

    Um acidente do tipo capotamento deixou uma vítima fatal no KM 08 da BA-142, trecho entre Ituaçu e Tanhaçu. De acordo com informações da Polícia Rodoviária Estadual, supõe que o veículo Renailt/Master trafegava pela via, quando houve um capotamento. Por consequência, ouve danos materiais e pessoais, tendo em vista que o condutor foi a óbito ainda no local do acidente. Ele foi identificado como Esequiel S.D.S de 47 anos. O corpo da vítima foi encaminhado para o Instituto Médico Legal de Brumado. A PRE fez o registro da ocorrência e acompanhou a retirada do veículo, bem como controlou a via. 







  • Governador Jerônimo Rodrigues cumpre agenda em Ituaçu nesta sexta-feira

    O governador Jerônimo Rodrigues estará em Ituaçu, nesta sexta-feira (25), às 9h, onde inaugura obras nas áreas de Infraestrutura e Saúde. Serão entregues a recuperação da pista do Aeródromo de Ituaçu, a reforma do Hospital Municipal Rubens Costa Santos, cuja obra é resultado de parceria entre a Secretaria da Saúde do Estado (Sesab) e Prefeitura, além de kits hospitalares e odontológicos para Unidades de Básicas de Saúde (UBS) de povoados. Jerônimo ainda inaugura a reforma e ampliação do Mercado Municipal da cidade e entrega 104 barracas para feirantes. Durante a agenda, também serão dadas por entregue as pavimentações, asfálticas e intertravadas, em ruas de comunidades do município.



  • Ituaçu: Homem é conduzido à delegacia suspeito de agredir filho com soco no rosto

    No último sábado (08), um homem foi conduzido à delegacia suspeito de agredir o filho adolescente, com um soco no rosto, em Ituaçu. De acordo com a Polícia Militar, agentes do 24º batalhão foram acionados pela mãe do adolescente, que foi socorrido para uma unidade de saúde. Ainda de acordo com informações, os militares encontraram na residência, uma espingarda tipo chumbeira. O suspeito e a arma foram apresentados na Delegacia de Plantão de Brumado, para adoção das medidas cabíveis. O estado de saúde da criança não foi divulgado. O homem está a disposição da justiça. 



  • Justiça obriga prefeito de Ituaçu a liberar acesso de contratos e atos licitatórios à vereadores

    Foto: Reprodução

    Após negativas de ter acesso a atos licitatórios praticados pelo prefeito de Ituaçu, Phellipe Brito, os vereadores Marcio Aparecido e Reinalvo Rocha Ferreira impetraram um mandado de segurança no Tribunal de Justiça para que os atos se tornem públicos. A ação refere-se à contratação de empresas no ramo de construção que prestaram serviços ao município. A decisão que foi proferida nesta terça-feira (06/06), foi favorável aos vereadores. A autoridade coatora, reconhece o não atendimento ao pedido de acesso às informações requeridas pelos vereadores. No presente caso, o objeto do pedido é tão somente no sentido de exibição de documentos relativos aos procedimentos licitatórios firmados pela administração pública municipal de Ituaçu, em razão do princípio da publicidade que norteia todo o exercício da administração pública. Convêm ressaltar que o não atendimento aos referidos requerimentos foi reconhecido pela autoridade coatora, em sua manifestação. Os documentos relativos aos atos licitatórios, bem como seus desdobramentos, celebrados pelo poder público municipal são vocacionados a lastrear a celebração de contratos pela Administração Pública, cuja regularidade dos mesmos é meio instituído pela legislação com o escopo de propiciar a celebração de contratos de forma mais vantajosa para o erário, respeitando os princípios da impessoalidade e eficiência. Acrescente-se ainda que, embora os atos de fiscalização do Poder Legislativo sejam realizados mediante atuação do colegiado (Mesa Diretora, Plenário, Comissões) e não pela atuação individual dos parlamentares, não se afasta ou se restringe os direitos inerentes ao parlamentar como indivíduo. No documento determina à autoridade coatora, no prazo de 15 dias, sob pena de multa diária de R$ 1.000,00 (mil reais) em caso de descumprimento, limitada à R$ 50.000,00, imposta de forma pessoal. Após o decurso do prazo, com ou sem manifestação do Impetrante, dê-se vista ao Ministério Público pelo prazo de 10 (dez) dias, para apresentação de parecer.



Estamos nas redes sociais