BUSCA PELA CATEGORIA "VITÓRIA DA CONQUISTA"

  • Gari realiza parto de mulher após ouvir gritos de socorro em Vitória da Conquista

    Um gari realizou um parto, nesta quinta-feira (23), em Vitória da Conquista. O caso ocorreu no bairro do Cruzeiro. Alan Paes seguia a caminho de casa, quando passou pela Rua da Corrente e ouviu uma mulher gritar por socorro. Ao se aproximar da residência, ele percebeu que ela estava sozinha e já havia entrado em trabalho de parto. O gari, então, assumiu o controle da situação e ajudou a mãe a fazer a força necessária para o nascimento da criança. Após o parto, as duas receberam os primeiros socorros do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e, em seguida, foram encaminhadas para o Hospital Esaú Matos. Mãe e filha passam bem.







  • Cão farejador localiza 150 kg de maconha em caminhão em Vitória da Conquista

    Na tarde de quarta-feira (15/05), a Polícia Rodoviária Federal (PRF) prendeu um homem de 32 anos no Km 830 da BR 116, em Vitória da Conquista, no sudoeste baiano. Ele foi flagrado transportando 150 quilos de maconha, detectados pelo cão farejador K-9 Kaleu. A apreensão ocorreu durante uma fiscalização em um caminhão baú. Os policiais utilizaram cães farejadores para inspecionar o veículo, visando identificar a presença de substâncias ilícitas. O K-9 Kaleu realizou a inspeção no compartimento de carga e indicou positivamente para a presença de entorpecentes. Diante do sinal do cão, a equipe solicitou ao motorista que abrisse o compartimento de carga. Ao verificar o interior, os policiais encontraram 192 tabletes de maconha embalados em caixas. O motorista alegou que houve um transbordo de carga com outro condutor e que desconhecia a presença das drogas. Toda a droga e o motorista foram encaminhados à Delegacia de Polícia Civil de Vitória da Conquista para a adoção dos procedimentos legais cabíveis. O homem foi indiciado por tráfico de drogas, conforme o artigo 33 da Lei 11.343/06.







  • Ação do União Brasil derruba pesquisa favorável à pré-candidata do MDB em Conquista

    A Justiça Eleitoral suspendeu uma pesquisa de intenções de voto favorável à vereadora Lúcia Rocha (MDB), pré-candidata à Prefeitura de Vitória da Conquista. A decisão liminar (provisória) atende a uma representação do União Brasil, que tem a prefeita Sheila Lemos como postulante à reeleição no pleito deste ano. Segundo o partido, o levantamento em questão não tem registro no TSE (Tribunal Superior Eleitoral), mas, ainda assim, foi divulgado por uma emissora de rádio local. O veículo também é alvo da ação. Em caso de descumprimento, a multa diária será de R$ 10 mil para cada representada. Cabe recurso. “Aduz o Representante que a 1ª Representada teria divulgado em emissora de rádio resultado de pesquisa em que estaria em primeiro lugar; que a 2° Representada teria publicado matéria em seu website reafirmando essa predileção; e que ambas teriam publicado vídeo em suas redes sociais em que o apresentador do programa, com nítida predileção, teria dito ‘A senhora tá próxima ao povão. O povo tá clamando por mudança”, justificou o União Brasil em seu pedido. Ao julgá-lo procedente, o juiz Wander Cleuber Oliveira Lopes, da 41ª Zona Eleitoral, afirmou que a Justiça Eleitoral exige o registro de tais pesquisas com o fim de promover o devido controle sobre o cumprimento dos requisitos necessários à confiabilidade dos dados ali inseridos. “Da análise das provas carreadas aos autos, tem-se que a situação apresentada se assemelha a uma enquete, ante a ausência de informações que indiquem a existência de metodologia de pesquisa, plano amostral, ponderação, dentre os outros requisitos constantes do art. 33 da Lei nº 9.504/97. É o que descreve o §1° do art. 21, da Resolução que cuida do tema”, assinalou. O magistrado também determinou que a emissora de rádio remova de seu site a publicação em que divulgou a sondagem.







  • Homem é condenado a 12 anos de prisão por homicídio qualificado em Vitória da Conquista

    Eldon Moreira Rocha foi condenado a 12 anos de prisão pela morte de Anderson Santos Porto, em Vitória da Conquista. A decisão, tomada na última quarta-feira (07/05), durante sessão do Tribunal do Júri da comarca de Vitória da Conquista condenou o réu por homicídio qualificado por recurso que impossibilitou a defesa da vítima.  De acordo com a denúncia, acatada pelo Júri, o crime aconteceu em fevereiro de 2008, na localidade de Urbis VI, em Vitória da Conquista. No dia, após um desentendimento em uma festa, Eldon Rocha agrediu um amigo de Anderson, que desmaiou. Conta a denúncia que, quando o homem agredido questionou quem o havia atacado, o réu assumiu a responsabilidade, desencadeando a reação do réu que sacou uma arma e disparou, causando a morte da vítima.







  • Detran realiza leilão virtual com 483 lotes em  Vitória da Conquista e outras 17 cidades

    O Departamento Estadual de Trânsito da Bahia (Detran) está com 483 novos lotes abertos para quem deseja comprar veículos conservados e sucatas aproveitáveis na Bahia. As vendas são feitas mediante leilões nas cidades de Salvador, Feira de Santana, Camaçari, Barreiras, Vitória da Conquista e outros 13 municípios baianos. [confira abaixo a lista completa das cidades]. Pessoas físicas e jurídicas podem participar das ofertas do departamento. As regras e informações adicionais estão disponíveis no site do órgão. Para acessar, o interessado deve clicar no ícone “Leilões” e depois em “Edital”, por último, escolher o leilão de interesse.

    Cidades disponíveis

    Salvador
    Camaçari
    Irecê
    Jequié
    Santo Antônio de Jesus
    Vitória da Conquista
    Jacobina
    Iuiú
    Itabuna
    Ipecaetá
    Ilhéus







  • Mulher é condenada a 16 anos de prisão por homicídio em Vitória da Conquista

    O Tribunal do Júri da comarca de Vitória da Conquista condenou nesta quinta-feira, dia 02, Lucimar Marinho Silva a 16 anos de prisão pelo homicídio de seu então companheiro Jerre Amaral Santos, ocorrido na cidade em 2019. Segundo a acusação sustentada pelo promotor de Justiça José Junseira de Oliveira, a ré matou a vítima com golpes de arma perfurocortante e por motivo fútil.  O crime aconteceu no dia 23 de março de 2019, por volta das 18h, na garagem da casa onde Lucimar e Jerre moravam, no bairro Kadija. De acordo com a denúncia, os dois se desentenderam porque a vítima teria gastado os R$ 50 que ambos haviam ganhado com o trabalho naquele dia. Então Lucimar desferiu, com a clara intenção de matar, golpes de arma perfurocortante que levaram Jerre a óbito.  Na sentença, a juíza Janine Soares de Matos determinou que a ré cumpra a pena em regime fechado. 







  • Guardas municipais são suspeitos de agredir homem com pedaço de madeira em Vitória da Conquista

    Dois guardas municipais são suspeitos de agredir um homem com um pedaço de madeira após uma discussão de trânsito, na quarta-feira (1°), em Vitória da Conquista, no sudoeste do estado. O caso é investigado pela Polícia Civil como lesão corporal. Girleis Ribeiro Matos, de 43 anos, foi socorrido para o Hospital Geral de Vitória da Conquista e teve alta. No entanto, o estado de saúde dele é considerado delicado, de acordo com informações de Regiane de Jesus, esposa de Girsleis. Regiane relatou que um guarda teve uma discussão com Girleis no trânsito e seguiu ele até a residência dele. Em seguida, outro agente chegou ao local e uma nova discussão se iniciou. Foi quando, segundo Regiane, a briga terminou e o marido entrou em casa. Na sequência, o guarda teria ameaçado Girleis. Ainda segundo Regiane, ela teria sido seguida por uma equipe da Guarda Municipal até o hospital.  Cristovão Lemos, comandante da Guarda Municipal de Vitória da Conquista, afirmou que a viatura estaria acompanhando Regiane para prestar o boletim de ocorrência. Por meio de nota, a Guarda Municipal informou que está apurando os fatos e que os agentes foram afastados das atividades nas ruas.







  • Com previsão de mais de 9 mil atendimentos, Feira Saúde Mais Perto chega a Vitória da Conquista

    O município de Vitória da Conquista, no sudoeste baiano, recebe, a partir desta terça-feira (30), a Feira Saúde Mais Perto, iniciativa promovida pela Secretaria da Saúde do Estado (Sesab) em parceria com as Voluntárias Sociais da Bahia. Instalada no Parque de Exposições Teopompo de Almeida, a Feira vai oferecer, até a próxima quarta-feira (01), das 8h às 17h, serviços de saúde e cidadania, com expectativa de atender mais de 9 mil pessoas. Entre os serviços de saúde disponibilizados estão consultas e procedimentos oftalmológicos como rastreamento para cirurgia de catarata de idosos acima de 60 anos, exame de refração, limpeza da lente para quem já fez cirurgia de catarata, atendimento odontológico, preventivo ginecológico, exames de ultrassonografia, eletrocardiograma, raio-x, mamografia, exames laboratoriais, dentre outros. Nesta edição, a população também terá acesso à consulta com cirurgião geral para encaminhamento, agendamento e realização de cirurgias eletivas de hérnias umbilical, epigástrica e inguinal, histerectomia e vesícula. A iniciativa também vai oferecer os serviços de emissão de segunda via do RG e de antecedentes criminais de forma gratuita. Para participar da ação, não é necessário agendamento prévio. Basta dirigir-se ao local do evento portando o cartão do SUS, RG e CPF. No caso de exames de ultrassonografia e exames laboratoriais, é preciso apresentar a solicitação médica.







  • Polícia Civil incinera meia tonelada de drogas em Vitória da Conquista

    Policiais do Departamento Especializado de Investigação e Repressão ao Narcotráfico (Denarc) e das Delegacias de Tóxicos e Entorpecentes (DTE), de Juazeiro e Vitória da Conquista, incineraram quase 500 quilos de drogas apreendidas durante a Operação Nárke. A incineração ocorreu nos dias 25 e 26, naquelas cidades do interior da Bahia. Em Juazeiro foram destruídos 100 quilos de drogas, entre porções e tabletes de maconha, cocaína e crack, além de 12 mil e quinhentos de comprimidos de anfetamina. Já em Vitória da Conquista, foram incinerados 360 quilos de entorpecentes. A ação teve a participação de policiais da Coordenação de Apoio Técnico à Investigação (Cati/Norte). As drogas foram apreendidas entre o segundo semestre de 2023 e o primeiro trimestre de 2024, em diligências da Operação Nárke, uma ação nacional de combate ao narcotráfico.







  • Polícia Civil desarticula esquema de crimes cibernéticos e lavagem de dinheiro em Vitória da Conquista

    Centenas de dispositivos eletrônicos, celulares, documentos, cartões e recibos bancários, maquinetas, notebook e computadores foram apreendidos em um imóvel de luxo em Vitória da Conquista, na quarta-feira (24), por equipes da Delegacia de Tóxicos e Entorpecentes (DTE) da cidade, durante a Operação Nárke. O material estava na casa de um homem, de 44 anos, com passagens por homicídio e tráfico de drogas. Ele foi indiciado por crime cibernético, furto, estelionato por meio eletrônico ou internet, lavagem de dinheiro e associação criminosa. Com o cumprimento da ordem judicial, o Departamento Especializado de Investigação e Repressão ao Narcotráfico (Denarc), por meio da DTE de Conquista, desarticulou um grande esquema de crimes cibernéticos praticados por integrantes de uma organização criminosa, responsável por fraudes bancárias mediante furto e estelionato praticado por meio eletrônico ou internet. Os equipamentos apreendidos vão ser periciados. As investigações seguem para identificar todos os envolvidos no esquema criminoso.







  • Deic desarticula grupo suspeito de lesar pessoas em situação de vulnerabilidade em Conquista

    Equipes do Departamento Especializado de Investigações Criminais (Deic) e da Delegacia de Repressão a Furtos e Roubos (DRFR) de Vitória da Conquista cumpriram, nesta quinta-feira (25), mandados de busca e apreensão durante a Operação Pensione. A ação visa desarticular um grupo criminoso que roubava documentos de pessoas em situação de vulnerabilidade, utilizando os dados para se sacar benefícios, contratar empréstimos e ajuizar processos na Justiça. Celulares, computadores, notebooks, pen drives, HDs externos e documentos foram apreendidos durante as diligências. Idosos e pessoas com baixo grau de instrução são os principais alvos da organização criminosa. Duas ocorrências já estavam sendo investigadas pela DRFR de Conquista, onde as vítimas tiveram seus documentos falsificados e utilizados em processos judiciais, além de terem contas bancárias abertas em seus nomes, contração de empréstimos fraudulentos e saque de seus benefícios, gerando um prejuízo de R$ 300 mil. O material apreendido será periciado pelos Departamentos de Inteligência Policial (DIP) e de Polícia Técnica (DPT). A prática da “Advocacia Predatória”, onde advogados lesam clientes em situação de vulnerabilidade, fazendo com que as vítimas assinem procurações sem o conhecimento delas também é atribuída ao grupo investigado. Já existem indicativos de autoria dos crimes e as investigações continuam para localizar os envolvidos e elucidar o caso. Equipes dos Departamentos de Repressão e Combate à Corrupção, ao Crime Organizado e à Lavagem de Dinheiro (Draco), de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) e da 10ª Coordenadoria Regional de Polícia de Interior (Vitória da Conquista) deram apoio nas diligências.







  • Em Vitória da Conquista, empresa desviou R$ 2 milhões da Saúde durante pandemia, diz PF

    A Polícia Federal iniciou nesta quinta-feira (25) uma operação para desarticular uma organização criminosa que teria desviado recursos públicos da Secretaria de Saúde de Vitória da Conquista, no sudoeste baiano, durante a pandemia da covid-19. As investigações apontam que houve superfaturamento superior a R$ 2 milhões na aquisição de testes rápidos, em 2020. A denúncia foi apresentada em 2022 pela própria Procuradoria do Município, quando tomou conhecimento da possível fraude. O órgão fez uma apuração interna e confirmou que os indícios que lhe foram apresentados eram consistentes, encaminhando, assim, a denúncia à Polícia Federal e ao Ministério Público Federal. Estão sendo cumpridos 18 mandados de busca e apreensão e 9 mandados de medidas cautelares diversas da prisão, nas cidades de Vitória da Conquista, Salvador, além de Belo Horizonte e Nova Lima, em Minas Gerais. As análises revelaram, ainda, que foram usados artifícios para que a empresa vencedora, com sede em Salvador, tivesse êxito nos dois certames, mesmo com propostas superfaturadas. As investigações apontaram que os processos licitatórios com indícios de fraude totalizavam R$ 2.030.000,00, com comprovação de superfaturamento de preços e prejuízo de, no mínimo, R$ 677.900,00 em dois procedimentos - fluorescência e imunocromatografia. A Secretaria de Saúde adquiriu testes rápidos fornecidos pela empresa investigada com sede em Salvador, os quais eram importados de uma segunda empresa com sede em Belo Horizonte. Essa segunda empresa tinha como sócia, na época, pessoa com parentesco próximo à então Diretora de Vigilância em Saúde municipal de Vitória da Conquista/BA. Os trabalhos conjuntos revelaram, por fim, que o braço financeiro da organização criminosa estava na capital baiana, local onde os recursos públicos transitaram por sócios ocultos e pessoas estranhas à empresa licitante vencedora. Além dos mandados judiciais, foi determinado também o bloqueio judicial no importe de R$ 2 milhões das contas e bens dos principais investigados, além da apreensão de objetos de grande valor.







  • Polícia Civil apreende mais de 12 mil comprimidos de anfetamina em Conquista

    Um homem foi preso em flagrante por equipes do Departamento Especializado de Investigação e Repressão ao Narcotráfico (Denarc). Com ele, foram apreendidos drogas sintéticas, insumos para o preparo de cocaína e embalagens para o acondicionamento de entorpecentes, em um imóvel no município de Vitória da Conquista, na segunda-feira (22). Na casa, os policiais do Denarc encontraram 12.500 comprimidos de anfetamina, frascos do anestésico “ketamina”, utilizado para a produção de drogas sintéticas e insumos para o preparo de cocaína. O homem encontrado na casa confessou o crime e foi autuado em flagrante por tráfico de drogas. A prisão e as apreensões fazem parte das ações do Denarc da Bahia, referentes à Operação Nacional Narke, deflagrada pelo Ministério da Justiça e Segurança Pública (MJSP), por meio da Secretaria Nacional de Segurança Pública (Senasp), coordenada pela Diretoria de Operações de Inteligência (Diopi). O Denarc segue com outros desdobramentos da Operação Narke em diversas regiões do estado da Bahia. O cumprimento de mandados judiciais e atividades investigativas são realizados simultaneamente para repressão ao narcotráfico.







  • Em Vitória da Conquista, PRF recupera veículo com registro de roubo sendo transportado em caminhão cegonha

    No final de semana em Vitória da Conquista,  a Polícia Rodoviária Federal identificou um veículo com adulterações em seus elementos identificadores. O automóvel, que estava sendo transportado junto a outros carros, em um caminhão cegonha, tratava-se de um clone, seus dados originais correspondiam a um veículo com ocorrência de roubo registrada em Mairinque (SP) em 2022. Durante a fiscalização dos automóveis que estavam sendo transportados no compartimento de carga do caminhão cegonha, foram constatados sinais de remarcação nos elementos identificadores de um dos carros. O motorista do caminhão era funcionário da empresa responsável pelo transporte dos veículos, que tinham como destino o município de Euclides da Cunha. Diante do constatado, o automóvel recuperado foi encaminhado à Delegacia de Polícia Civil local, para aplicação das medidas legais cabíveis.







  • Duas pessoas ficam feridas após engavetamento entre carro e duas carretas em Vitória da Conquista

    Duas pessoas ficaram feridas e outras duas presas às ferragens após um engavetamento entre um carro e dois caminhões neste domingo (21), na BR-116, no trecho de Vitória da Conquista, no sudoeste da Bahia. Por causa do impacto, o veículo ficou destruído. De acordo com informações da Polícia Rodoviária Federal (PRF), o carro ficou entre os dois veículos de carga. Os ocupantes das carretas não sofreram lesões, no entanto, duas pessoas que estavam no carro tiveram ferimentos e precisaram ser levadas para uma unidade de atendimento. Não há detalhes sobre o estado de saúde delas. As duas pessoas que ficaram presas às ferragens estavam no banco de trás do carro. Elas foram retiradas e não precisaram de atendimento médico. 







Estamos nas redes sociais