• Corpo de Bombeiros leva palestras para escolas de Rio de Contas

    Mais de 400 alunos da rede pública e privada do município de Rio de Contas, participam do Projeto “Kim na Escola” até a esta sexta-feira (7),  cujo objetivo é ensiná-las sobre prevenção para evitar o afogamento, além da capacitação para serem semeadoras da prevenção. Aplicado pelo 7°Grupamento de Bombeiros Militar (7°GBM) através do Núcleo de Operações Aquáticas (NOA) daquela unidade, o projeto é realizado através de palestras com os cuidados no meio líquido.

    "Temos um índice grande de afogamentos também em rios e lagos, por isso trazemos essa iniciava para as escolas. Usamos uma linguagem adequada para a idade do nosso público, para que eles consigam entender da melhor maneira", explicou o soldado BM Rodrigo Benigno.

    O projeto é de autoria da Sociedade Brasileira de Salvamento Aquático (Sobrasa) e executado pelo NOA. De acordo com a Sobrasa, no Brasil o afogamento é uma das maiores causas de morte entre as crianças. "E é através da prevenção que buscamos evitar pelo menos 85% dos afogamentos", pontuou o soldado BM Jorge Marinho, outro militar do 7ºGBM envolvido na ação.

    Ainda segundo a Sobrasa, anualmente uma média de 7.000 brasileiros morrem no meio líquido, entre praias, piscinas, rios e lagos. O Brasil tem uma estimativa anual de mais de 1 milhão salvamentos aquáticos, 260 mil hospitalizações por afogamentos e mais de 600 vítimas desaparecidas, o que torna um dos países com o maior número de pessoas afogadas em todo mundo.

    Corpo de Bombeiros
    Palestras
    Rio de Contas



MAIS NOTÍCIAS