• SESOC fala sobre pessoas em situação de rua em Brumado

    Foto: Destaque Bahia

    A Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social e Cidadania (SESOC) de Brumado vem esclarecer a população acerca do Serviço Especializado para Pessoas em Situação de Rua, os quais estão em toda parte, decorrentes, principalmente, da desigualdade na distribuição de renda, uso abusivo de álcool e outras drogas, transtornos mentais e conflitos familiares, o que tem sido um dos maiores desafios das administrações municipais, sobretudo, nas cidades de médio e grande porte. Em Brumado, estão em acompanhamento pela rede de Assistência Social/SESOC, cerca de 10(dez) pessoas, que diante de diversos agravantes, vêem como meio de habitação os logradouros públicos. Outras, em sua grande maioria, em transição de cidade em cidade, os chamados andarilhos, que também recebem apoio da SESOC para retorno a cidade de origem, por meio de concessão de passagens e contato com as respectivas secretarias. Nesses serviços, a equipe da SESOC trabalha na perspectiva de estimular o restabelecimento do vínculo familiar, atendimento psicossocial e jurídico, encaminhamentos para inclusão no CadÚnico, BPC e no Programa Bolsa Família, realização de atividades em parceria com os CRAS e/ou Secretaria de Saúde. No entanto, a SESOC vem atuando junto a esta população buscando ofertar ações que favoreçam a saída dessa situação, mas, em muitos casos, não contamos com a adesão da pessoa nessa condição, o que dificulta sobremaneira a tomada de demais providências cabíveis, ou seja, o trabalho da equipe só pode ser realizado se a pessoa aceitar os serviços. Esses são direitos socioassistenciais a serem assegurados através de atendimento digno, atencioso e respeitoso, ausente de procedimentos vexatórios e coercitivos, enquanto direito primário do cidadão. Em relação a uma senhora que fica aos redores da prefeitura, as medidas já foram tomadas pela Secretaria de Desenvolvimento Social e estão em andamento aguardando decisão judicial para ser realizada a internação compulsória, já que a mesma não aceita tratamento.

    SESOC fala sobre pessoas em situação de rua em Brumado
    SESOC
    Brumado
    pessoas
    ruas



MAIS NOTÍCIAS