• Crea-BA impugna edital de concurso da Embasa por oferecer salário abaixo do piso

    Foi publicada na última terça-feira (02) uma petição assinada pelo presidente do Conselho Regional de Engenharia e Agronomia da Bahia (CREA-BA), Joseval Carqueija, que solicita a impugnação do edital de consurso da Embasa que ofertava vagas engenheiros civis, sanitaristas, eletricistas, química e de segurança do trabalho com remuneração  inferior à estipulada pela Lei n° 4.950-A/66, para a carga horária estabelecida. Segundo a lei, há um piso de seis salários mínimos para engenheiros trabalhando em 40 horas semanais – no caso atual, deveriam ser no mínimo R$ 10.908,00 de remuneração mensal para esses profissionais. O concurso da Embasa em questão ofertava, no cargo de Analista de Saneamento, R$ 8.390,89 de salário com essa carga horária, suscitando a impugnação. Sobre a petição, Carqueija disse que a medida foi tomada visando a valorização dos profissionais.




MAIS NOTÍCIAS