BUSCA PELA CATEGORIA "FEIRA DE SANTANA"

  • Justiça impede que presídio de Feira de Santana receba novos detentos

    Foto: Almir Melo / TV Subaé

    A Justiça da Bahia acatou ação impetrada pelo Ministério Público em 2014 e determinou nesta sexta-feira (11) que o Conjunto Penal de Feira de Santana, cidade localizada a cerca de 100 quilômetros, está impedido de receber novos presos.

    De acordo com o diretor do presídio, capitão Alan Araújo, o motivo da ação do Ministério Público é a superlotação e o número insuficiente de agentes penintenciários na unidade prisional. O Conjunto penal de Feira de Santana atualmente abriga 1.800 presos, sendo que a capacidade é para 1.108.

    Segundo o G1 quem for preso na cidade a partir da decisão, terá que ficar na carceragem do complexo policial do bairro Sobradinho. O coordenador regional da Polícia Civil, João Uzzum, informou que já pediu o remanejamento de policiais de outras unidades para reforçar a segurança no plantão central. Aina segundo Uzzum, só ficarão detidos no complexo policial aqueles que forem presos em flagrante ou suspeitos de casos nos quais as provas não tragam dúvida quanto à autoria do crime.



  • Feira: Fogo destrói casa enquanto casal dormia

    Foto: Ed Santos / Acorda Cidade

    Um incêndio provocou a destruição de uma casa na madrugada desta segunda-feira (31) em Feira de Santana. Até o momento, a causa do incêndio ainda não foi identificada. No momento do acidente, um casal de moradores dormia na residência. O fato ocorreu na Rua Alto de Santana, bairro Gabriela, por volta das 3h. Após chegada do Corpo de Bombeiros, as chamas foram debeladas.  Vizinhos suspeitam que uma vela pode ter causado o incêndio. No momento em que o fogo se alastrou não havia energia elétrica na residência. As causas ainda são investigadas.



  • Suspeito de matar homem é preso ao tentar roubar viatura para fugir

    Foto: Divulgação/ Polícia Civil

    Um jovem de 18 anos foi preso após matar um homem de 20 anos a tiros no município de Feira de Santana, na terça-feira (27). Depois de cometer o crime, o suspeito e um comparsa tentaram roubar uma viatura descaracterizada para fugir e foram surpreendidos por policiais. O outro envolvido na ação conseguiu fugir. As informações foram divulgadas pela Polícia Civil, nesta quarta-feira (28).

    De acordo com a polícia, agentes da Delegacia para o Adolescente Infrator (DAI/Feira) entregavam intimações no bairro George Américo, no centro da cidade, quando presenciaram o crime. Houve troca de tiros. Ninguém ficou ferido.

    Conforme a polícia, o homem preso foi levado para a Delegacia de Homicídios da região, onde foi autuado em flagrante por homicídio. O crime tem relação com a disputa do tráfico de drogas na região. O jovem preso está custodiado no Complexo Policial de Feira de Santana, à disposição da Justiça. Com o suspeito, foram apreendidos dois revólveres calibre 38 e uma pistola calibre 380.



  • Menino de 10 anos morre após receber anestesia para fazer exame

    Foto: Reprodução/G1 Bahia

    Um menino de dez anos morreu depois de receber anestesia para fazer um exame de ressonância magnética em uma clínica de Feira de Santana, cidade baiana distante cerca de 100 km de Salvador. O caso aconteceu na segunda-feira (19). Os pais da criança registraram ocorrência na delegacia e a Polícia Civil vai investigar o que aconteceu.

    A criança morava em Utinga, município localizado na região da Chapada Diamantina, e distante cerca de 300 km de Feira de Santana. Conforme a família, o garoto viajou só para fazer esse exame, que custou R$ 1.430. Os familiares do menino ainda não sabem o que provocou a morte dele. Os pais aguardam o laudo do Instituto Médico Legal (IML) para saber o que provocou a morte da criança. O prazo é que o documento fique pronto em 45 dias.

    A lavradora Gesibel Lemos da Mota, mãe do menino Gilberto, relatou que ela e o filho chegaram à clínica, onde o procedimento foi feito por volta das 8h30. Em seguida, segundo Gesibel, uma enfermeira fez uma espécie de entrevista para saber se o garoto tinha algum tipo de alergia. A mãe disse que não tem conhecimento de nenhuma rejeição do garoto a medicamentos e relatou que ele tomava remédio controlado.

     

    De acordo com a lavradora, logo depois da conversa com a enfermeira, a criança foi sedada para passar pelo exame. "Aplicaram a sedação nele, depois ele começou a ficar molinho, depois ele começou a ficar sem ar. Aí os médicos tentaram reanimar ele, mas não conseguiram", relatou Gesibel.

    Conforme a mãe, o garoto Gilberto já tinha passado por uma cirurgia no olho e outra no braço e não teve problemas. "Ele já fez um exame do olho, que ele tinha catarata congênita, fez cirurgia e não aconteceu nada. Fez uma cirurgia há pouco tempo do braço, que quebrou brincando de bicicleta, graças a Deus não aconteceu nada. Veio acontecer simplesmente aqui, em uma simples ressonância. Vim trazer meu filho para fazer um exame para saber o que ele tem realmente e perdi meu filho", lamenta a lavradora. Informações do G1 Bahia.

    CONTINUE LENDO


  • Feira: Marina volta a defender cassação de ‘Dilma-Temer’ e pede novas eleições

    Foto: Ney Silva / Acorda Cidade

    A principal liderança da Rede, Marina Silva, voltou a defender a saída do presidente Temer, com a cassação da chapa Dilma-Temer, eleita em 2014, e novas eleições. A ex-senadora esteve nesta quarta-feira (7) em Feira de Santana e participou da inauguração do comité do candidato do PSB a prefeito da cidade, Angelo Almeida, na Avenida Getúlio Vargas. De acordo com o Acorda Cidade, Marina declarou que o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) precisa julgar a chapa encabeçada por Dilma Rousseff. Segundo ela, a Operação Lava Jato já produziu provas de que a campanha Dilma-Temer recebeu dinheiro desviado da Petrobras.  No ato de inauguração do comitê de Angelo Almeida, a senador Lídice da Mata também esteve presente e participou da atividade de campanha.



  • Mulher é morta a facadas pelo  marido por ciúmes na Bahia

    Foto: Reprodução

    Uma mulher de 42 anos foi morta a facadas pelo marido na noite do domingo (4), no município de Feira de Santana, distante cerca de 100 km de Salvador. Segundo o G1, o crime teria sido motivado por ciúmes. A vítima já tinha registrado duas ocorrências policiais contra o companheiro por agressão. As informações são da Polícia Civil. De acordo com a polícia, Marinalda da Silva Dias estava em frente a um bar no bairro Jardim Cruzeiro, por volta das 19h30, quando foi esfaqueada pelo companheiro. A vítima foi atingida na região do abdômen e do peito e morreu no local. Ainda segundo a polícia, a PM foi acionada após o crime e conseguiu prender o suspeito. Com ele, os policiais encontraram a faca usada no crime. O objeto foi encaminhado para a perícia. O homem foi levado para a delegacia do município e está à disposição da Justiça. Não há informações sobre o enterro da vítima.



  • Dois corpos são encontrados em carroceria de veículo em Feira de Santana

    Foto: Aldo Matos/Acorda Cidade

    Dois corpos foram encontrados na carroceria de um veículo no distrito de Governador João Durval Carneiro, em Feira de Santana. De acordo com informações do Acorda Cidade, uma equipe da 65ª Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM) foi ao local depois de receber uma denúncia de trabalhadores de fazendas da região. Uma apuração preliminar indica que as vítimas foram alvo de uma execução. Segundo a polícia, a suspeita é que os homens tenham sido mortos em outro lugar e levados até o distrito no carro, modelo Saveiro. Ainda não há informações sobre a identidade das vítimas.



  • Mulher morre após ser espancada pelo companheiro em Feira de Santana

    Foto: Ilustrativa

    Uma mulher morreu após dar entrada, em estado grave, com vários ferimentos no Hospital Geral Clériston Andrade (HGCA), em decorrência de agressão. Edna Pereira das Mercês, 38 anos, foi socorrida por familiares e chegou ao hospital com ferimentos no rosto e no corpo, provocados pelo espancamento. Segundo o delegado titular, Gustavo Ameno, da Delegacia de Homicídios (DH) de Feira de Santana, a vítima foi agredida na última terça-feira (19) e durante a semana o estado de saúde se agravou. O suspeito das agressões é o seu companheiro, conhecido como Ivan. Após passar mal, Edna foi socorrida e levada ao hospital na manhã do domingo (24), por volta das 10h, por familiares. 

    Ainda de acordo com o delegado, nenhuma queixa foi registrada na delegacia. No domingo, Edna recebeu tratamento médico, mas não resistiu e morreu por volta das 16h. A vítima morava no bairro da Mangabeira e o suspeito do espancamento está foragido. Demais circunstâncias da agressão e morte estão sendo investigadas. Fonte: Correio 24 Horas

    CONTINUE LENDO


  • Menor é suspeito de participar de assassinato a comerciante em Feira de Santana

    Na última segunda-feira (20), um vendedor de carros de 39 anos foi morto a tiros em Feira de Santana. A suspeita é que um adolescente de 17 anos teria feito parte da ação. Durante a fuga houve troca de tiros entre os suspeitos e a polícia e o menor foi baleado na perna e encaminhado ao Hospital Geral Clériston Andrade (HGCA). Segundo a polícia, o comerciante foi morto com seis tiros de pistola calibre 380. O crime será investigado pelo Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), mas até a manhã desta terça-feira (21), não existiam informações sobre autoria e motivação do crime. A polícia não descartou a possibilidade de execução. Os outros suspeitos conseguiram fugir. O HGCA informou que não tinha autorização para divulgar o estado de saúde do adolescente baleado.



  • Heineken encerra atividades e provoca demissões na Bahia

    Empresa está instalada no Centro Industrial do Subaé, em Feira de Santana (Foto: Carlos Augusto / Estúdio Guta Jads)

    Sob a justificativa de manter a sustentabilidade econômica, a fábrica da cervejaria holandesa Heineken encerrou as atividades na Bahia. A empresa atuava no município de Feira de Santana, a cerca de 100 quilômetro de Salvador. A decisão foi divulgada pelo grupo na quarta-feira (15). Em entrevista ao G1, o presidente do Sindicato das Indústrias de Cerveja e Bebidas da Bahia, Roberto Santana, afirmou que o encerramento das atividades causa a demissão de 126 funcionários. Ele acrescenta que os trabalhadores já foram informados da decisão e que todos tiveram alguns benefícios assegurados após negociações com a empresa.

     "Terão direito a seis meses de assistência médica, a seis meses de vale-alimentação no valor de R$ 150. A Heineken também se comprometeu a dar apoio na recolocação profissional dos trabalhadores", diz. A fábrica de Feira de Santana foi inaugurada em 1994. À época, era denominada: Cervejarias Kaiser. Em 2010, começou a ser gerida pela Heineken após tomada do controle acionário e chegada ao Brasil. Roberto Santana destaca que foi informado por representantes da empresa que o fechamento da fábrica foi motivado pela inviabilidade econômica do negócio. Os dois produtos produzidos no local - cervejas das marcas Kaiser e Bavaria -, estariam com baixa saída e alta estocagem. "Não estavam sendo aderidas pelo mercado", conta. Por meio de nota, a Heineken Brasil confirmou o fechamento da unidade e disse que a "decisão foi tomada com base nos constantes estudos de viabilidade do negócio e na necessidade de levar a operação da companhia a outro patamar de excelência, mantendo sua sustentabilidade econômica". A empresa conta que as regiões atendidas pela unidade baiana serão abastecidas pelas cervejarias de Pacatuba (CE) e Araraquara (SP). Ainda por meio de nota, a Heineken Brasil disse que analisa a transferência de alguns colaboradores para outras cervejarias do grupo no país. Embora não tenha citado o número de demissões, a empresa atesta que negociou com o sindicato da categoria um pacote adicional de benefícios a ser concedido aos colaboradores que deixarão a companhia em razão do encerramento das atividades.

    (fonte: G1/Bahia)

     
    CONTINUE LENDO


  • Bebê cai no chão logo após nascer e morre em posto de saúde na Bahia

    Posto de saúde onde bebê morreu, em Feira de Santana (foto: G1/Bahia)

    Um bebê morreu ao nascer e cair no chão nesta quinta-feira (9), em um Posto de Saúde da Família do Limoeiro, em Feira de Santana, distante cerca de 100 km de Salvador. De acordo com o marido da gestante, Silvio de Sena, 42 anos, a mulher, Patrícia dos Santos Silva, 29 anos, estava no oitavo mês de gestação e teve o parto enquanto esperava uma ambulância do Samu para ser encaminhada a uma unidade de saúde especializada.

     "Ontem estive três vezes em hospitais e ela não foi atendida. Viemos no posto onde ela era acompanhada para pedir orientação à médica, porque ela estava sentindo muita dor. Minha esposa não aguentava ficar deitada. Ela sentou em uma cadeira e, logo depois, quando ela levantou [da cadeira para a maca], começou a gritar que o bebê estava nascendo. Ele [o bebê] caiu e bateu a cabeça no chão", disse o eletricista em entrevista ao G1. De acordo com o pai da criança, o recém-nascido morreu cerca de 20 minutos depois da queda. "Ainda tentaram reanimar ele [o bebê], mas não teve jeito. Minha esposa viu tudo. Ela está muito abalada", lamentou. Silvio Sena contou que há mais de uma semana a a dona de casa estava sentindo muitas dores. Desde então, o casal esteve em várias unidades de saúde de Feira de Santana, mas não foi internada. "Minha mulher teve excesso de líquido durante toda gravidez. Precisava fazer o parto cesáreo. Hoje, a médica do posto de saúde que atendia ela solicitou uma ambulância para ir para o hospital ter o bebê, mas não deu tempo. O Samu foi chamado às 8h e só chegou 11h. O bebê nasceu umas 10h50. A médica [do posto] não teve culpa. Ela fez de tudo para ajudar", disse. Ainda conforme o pai da criança, a mulher foi levada na noite de quinta-feira (8) para o Hospital da Mulher e para o Hospital Clériston Andrade, porém, foi atendida e liberada. Após o parto, Patrícia foi encaminhada novamente para o Clériston Andrade e até às 17h desta quinta-feira (9) permanecia internada na unidade. Segundo o marido, ela está assustada com o ocorrido, mas tem quadro de saúde estável. (G1/Bahia)

    CONTINUE LENDO


  • Feira registra 154 casos de estupro em 2015

    A cidade de Feira de Santana registrou 154 casos de estupro no ano passado. Os dados do Mapa da Violência Sexual 2015 divulgado pela Secretaria de Segurança Pública do Estado (SSP-BA). A segunda maior cidade baiana registrou taxa de 24,94 por grupo de 100 mil habitantes. A média é até maior que a Salvador, que registrou o maior número de casos absolutos (531 estupros) no ano passado, com taxa de 18,1 para 100 mil habitantes. Segundo o levantamento, a cidades com maior taxa foi Maetinga na região de Vitória da Conquista, com taxa de 154,62 para cada 100 mil. O índice de 8 estupros em Maetinga é elevado devido à população local, cerca de 5 mil habitantes. Alagoinhas, no agreste, foi outra cidade que superou a taxa de Salvador, com 29 casos de estupro, em uma taxa de 18,77. Ainda de acordo com a SSP-BA, foram 517 casos de estupros registrados no ano passado em delegacias territoriais e especializadas, as Deam [Delegacia de Apoio à Mulher].Fonte:Bahianoticia.



  • Mulher é  presa com grande quantidade de droga próximo a Cesta do Povo

    Foto divulgação

    Uma ação da polícia ontem18/01, por volta das 12h, operação conjunta Cipe LN e Rondesp FS, resultou na prisão de uma mulher cim cerca de 14kg de maconha prensada. A prisão aconteceu quando ao realizada abordagem em Bianca, natural de Tucano, a qual se encontrava no ponto de ônibus das imediações da Cesta do Povo, Bairro Cidade Nova, Feira de Santana, onde a citada portava uma sacola na qual foram encontradas 14kg tabletes de maconha. Ao ser questionada Bianca informou que a droga seria entregue a uma pessoa desconhecida na cidade de Caldas do Jorro. A mulher se encontra a disposição da justiça na delegacia de Feira de Santana.



  • Trecho da BR-324 entre Feira e Salvador tem 92 multas por excesso de velocidade por dia

    Foto: Almiro Lopes / Correio*

    Um total de 25,2 mil multas por excesso de velocidade foram registradas na BR-324 entre Salvador e Feira de Santana neste ano. Por dia, o trecho registra em média 92 multas por excesso de velocidade. Os dados são da Polícia Rodoviária Federal (PRF) e representam o número apurado entre janeiro e setembro deste ano. Em relação ao total das infrações, excessos de velocidade representam 55,14% das irregularidades cometidas no período. Segundo o Correio, o limite de velocidade na rodovia fora de perímetros urbanos chega a 100 km/h. Ao todo, a PRF registrou 45 mil multas nos dois sentidos da rodovia, com mais de 200 tipos de multas possíveis, mas o excesso de velocidade é o que mais preocupa. Até setembro, as infrações já ultrapassavam a quantidade de infrações do tipo registradas em 2014.







  • Mulher que matou outra e escondeu corpo em cama box disse que 'baixou um santo'

    Foto: Aldo Matos / Acorda Cidade

    A mulher acusada de matar (com 50 golpes de faca) e tentar ocultar o corpo de uma jovem em uma cama box em Feira de Santana disse que o crime ocorreu por ter “baixado um santo” nela. A alegação foi dita em depoimento ao delegado Carlos Lins nesta quinta-feira (29). Thaís Fortunato dos Santos, de 20 anos, confessou o crime e disse que matou a colega após uma briga. Ela declarou que pertences seus teriam sido subtraídos por Thauire Silva de Araújo, como roupas e alongamento de cabelo (mega hair). Ainda no depoimento, Thaís disse que primeiro houve uma discussão entre os três ocupantes da casa, incluindo o marido de Thauire. Depois, quando o homem saiu, ela praticou o crime. De acordo com o Acorda Cidade, a acusada contou que primeiro pensou em esquartejar o corpo, mas preferiu ocultar “por ser mais fácil”. A motivação, segundo depoimento ao delegado, teria surgido porque um santo baixou nela. “Ela disse que quando as duas ficaram sozinhas foi como se tivesse baixado um santo mandando matar a outra por causa disso (pertences sumindo) e ela então pegou uma faca e desferiu vários golpes, quase 50 ou mais de 50 na vítima”, contou ao site feirense.