publicidade
 
publicidade
 
publicidade
 
comentários
Pedro Miguel em:
Jovem guajeruense de 18 anos morre após colidir moto contra trem em Malhada de Pedras
 
 
Carlos em:
Grave acidente deixa uma vítima fatal em estrada vicinal de Malhada de Pedras
 
 
Ana paula em:
A caminho do Paraguai, Cézar Paulo 'Cézar de Lim', acusado da morte de Camarão acaba de ser preso
 
 
regiana em:
Mais uma pessoa morre após ficar três dias no Hospital de Brumado aguardando vaga numa UTI em Conquista
 
 
 
curta nossa fanpage
05.07.2017 - BAHIA
 
MP recomenda exoneração de servidores de prefeituras de 7 cidades da BA por nepotismo
 
MP recomenda exoneração de servidores de prefeituras de 7 cidades da BA por nepotismo
 

Ministério Público da Bahia (MP-BA) informou nesta terça-feira (4) que recomendou a exoneração de servidores de prefeituras de sete cidades do estado por prática de nepotismo. A recomendação, assinada pela promotora de Justiça Milena Moreschi, foi enviada aos poderes executivo e legislativo de Jacobina, Caém, Mirangaba, Ourolândia, Serrolândia, Umburanas e Várzea Nova.

Conforme o órgão, a promotora pede aos respectivos prefeitos e presidentes das Câmaras de Vereadores que, em um prazo de dez dias contados do recebimento da recomendação, exonerem todos os ocupantes de cargos comissionados ou de função gratificada que tenham relação de parentesco consanguíneo, em linha reta ou colateral, ou por afinidade, com o prefeito, presidente do poder legislativo municipal, vereadores, procuradores e assessores, chefes, diretores e qualquer ocupante de outro cargo comissionado nos dois Poderes.

É recomendado também que, no mesmo prazo, seja efetuada a rescisão dos contratos realizados por tempo determinado, para, segundo o MP-BA, atender a necessidade temporária de excepcional interesse público, de pessoas que mantenham parentesco nos mesmos graus e condições citadas.

A promotora recomendou, ainda que, dez dias após de terminado o prazo, os prefeitos e presidentes das Câmaras enviem cópias das exonerações e das rescisões contratuais, além da declaração de todos os servidores ocupantes de cargos comissionados e funções gratificadas e de confiança.

A promotora lembra na recomendação que a prática de nepotismo viola os princípios constitucionais da moralidade, impessoalidade e eficiência da Administração Pública, sendo vedada pela Constituição Federal. (G1/Bahia)

 
 
     
     
 
comentários
 

Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.

 
  Escrever comentário:
 
Nome:
 
E-mail (não será divulgado):
 
 Mensagem:
 
Voltar
 
outras notícias
 
23.Jul.2017 - CIPRRv Brumado/ TOR Prende indivíduos acusados de tentativa de estupro
23.Jul.2017 - Festival de Inverno Bahia tem novos preços a partir deste domingo, 23
22.Jul.2017 - Homem é encontrado morto com sinais de apedrejamento e parte do corpo queimado próximo a entrada de Umburanas, em Brumado
22.Jul.2017 - Menina de 4 anos morre em Guanambi após ser picada por escorpião em Sebastião Laranjeiras
21.Jul.2017 - Caso Noé Galvão: após 10 anos, ex-policial é preso e cumprirá pena em presídio de Vitória da Conquista
21.Jul.2017 - Prefeitos de Brumado, Malhada de Pedras e Aracatu assinam convênio com o TRE-BA
21.Jul.2017 - Acessibilidade na Alba torna-se realidade. Mais uma iniciativa de Luciano Ribeiro
21.Jul.2017 - Em Barra da Estiva prefeitura faz grande investimento para solucionar a crise hídrica
21.Jul.2017 - CARTÃO REFORMA DEVE BENEFICIAR MAIS DE DUZENTAS FAMÍLIAS EM GUANAMBI
21.Jul.2017 - Homem é detido em Brumado após dirigir embriagado, promover direção perigosa e ameaçar pessoas
eventos
04.07.2017
São Pedro de Guajeru 2017
 
30.05.2017
Transmissão de comando da 34ª CIPM
 
 
publicidade
 
publicidade
 
Entre Gospel Destaque Bahia © 2017 - Todos os direitos reservados. Hospedagem e Desenvolvimento: HD Soluções