• Cerimônia de posse de Bolsonaro é antecipada e deve ter culto ecumênico

    O presidente do Senado, Eunício Oliveira (MDB-CE), confirmou que a solenidade de posse do presidente eleito Jair Bolsonaro foi antecipada em duas horas e ocorrerá às 15h, em 1º de janeiro. Segundo ele, a mudança foi para atender a um pedido do próprio Bolsonaro.

    A cerimônia está sendo organizada por uma equipe multidisciplinar com integrantes do Congresso Nacional, da Presidência da República e do Ministério das Relações Exteriores. Há solenidades nos três locais.

    Pela primeira vez na história, a solenidade poderá ter um culto ecumênico. O pedido foi feito por interlocutores do presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL).

    Os detalhes, a exemplo de esquema de segurança e nomes dos líderes religiosos que participarão, ainda estão sendo estudados.

    Só para a solenidade da posse no Congresso Nacional serão convidados 2 mil pessoas, entre parlamentares, políticos e nomes designados pela equipe do presidente eleito.

    Coordenadora do grupo de trabalho para a posse no Congresso e diretora de Relações Públicas do Senado, Maria Cristina Monteiro lembrou que, em 1995, quando o então presidente eleito Fernando Henrique Cardoso tomou posse, houve uma missa.

    “No primeiro mandato do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso houve uma missa”, disse Maria Cristina Monteiro. “Depois, nunca mais.”

    Slogan

    Com o slogan Brasil acima de tudo e Deus acima de todos, Bolsonaro evidenciou o peso da religião para ele. Após a confirmação de sua vitória, o senador Magno Malta (PR-ES), que é pastor e cantor gospel, fez uma oração de agradecimento.

    Se confirmado o culto ecumênico, pelo menos um padre, um pastor e um rabino devem integrar a celebração. A Catedral de Brasília, cartão-postal da cidade e localizada na Esplanada dos Ministérios, é o local apontado como mais apropriado para a cerimônia religiosa.

    Para que governadores de estados, que tomam posse no mesmo dia, presidentes da República estrangeiros e primeiros-ministros consigam estar presentes, o ideal é que ocorra à tarde, como de praxe. 

    Rito

    Muito antes de o país conhecer seu novo mandatário começa a organização da posse dividida entre os cerimoniais do Executivo – comandado pelo Itamaraty – e do Legislativo. Um grupo de trabalho começou a se reunir para tratar do evento em março.

    O rito cerimônia está previsto em um decreto de 1972. A norma não prevê nenhum tipo de celebração religiosa. Tradicionalmente, em frente à Catedral de Brasília, presidente e vice apenas se encontram para iniciar o desfile pela Esplanada dos Ministérios até o primeiro ponto de parada, o Congresso Nacional.

    Na posse de Bolsonaro, especialmente por causa do atentado sofrido por ele durante a campanha, a segurança será de longe a principal preocupação do cerimonial e dos órgãos envolvidos no evento. Por isso ainda há dúvidas sobre a definição se o deslocamento do presidente eleito e da primeira-dama, Michelle Bolsonaro, será no Rolls Royce, da década de 1950, utilizado por vários presidentes.

    Caso a opção seja um carro aberto, o vice-presidente, general Hamilton Mourão, deverá vir logo atrás também em carro conversível. Qualquer que seja a escolha, eles serão escoltados por batedores e por Dragões da Independência.

    Além da questão de segurança, o fator meteorológico também é decisivo. Dois roteiros são montados, um para sol, outro para chuva – bastante comum nessa data em Brasília. No roteiro com sol também está prevista uma exibição da Esquadrilha da Fumaça.

    Convidados

    A lista de convidados, segunda maior preocupação da equipe, é complexa e extensa. Entre os que terão o privilégio de acompanhar a cerimônia de posse dentro Congresso, estão os novos governadores de estado, ministros de tribunais superiores, os comandantes do Exército, Marinha e Aeronáutica, parlamentares que terminam o mandato em 31 de janeiro de 2019 e os que foram eleitos em outubro, além de chefes de Estado.

    A expectativa é de que 60 delegações estrangeiras prestigiem Bolsonaro. Diante de uma lista tão grande e do espaço limitado, o cerimonial deverá adotar uma regra clara: “convites são individuais e intransferíveis”.

    Além dos convidados oficiais, cerca de 500 jornalistas e 300 funcionários do Congresso deverão trabalhar diretamente na solenidade de posse.

    Detalhes

    “A apresentação do convite individual é indispensável. Aqui no Congresso, ao chegarem, os convidados receberão um código com um holograma, que definirá, qual espaço cada um poderá acessar na cerimônia”, disse Maria Cristina Monteiro.

    Os convidados terão lugares específicos para ocupar, como o Salão Nobre do Senado, o Salão Verde, o Plenário e suas galerias. Apenas presidentes estrangeiros e primeiros-ministros receberão hologramas (espécie de credencial) antecipadamente e estão dispensados de passar pelos detectores de metal.

    No convite, há a solicitação para confirmação antecipada e orientações sobre como se vestir para o dia da posse. Os homens civis devem usar terno e gravata para os homens, e militares deverão vestir o uniforme. As mulheres deverão usar vestido longo ou farda, se forem militares. A recomendação é que cheguem com 45 minutos de antecedência.

    Outros eventos

    No Congresso Nacional, o presidente eleito e o vice-presidente assinam o termo de posse. É lá que Bolsonaro fará seu primeiro discurso já como chefe do Poder Executivo do país. Na sequência, ambos seguem para a cerimônia de transmissão da faixa presidencial na rampa ou no parlatório do Palácio do Planalto.

    Em frente ao parlatório, no Planalto, é aguardada a presença de simpatizantes do novo governo. Ainda no Planalto, Bolsonaro e Mourão recebem, no famoso “beija-mão”, os cumprimentos de autoridades e chefes de Estado. O novo presidente então dará posse aos seus ministros. O último evento do dia é uma recepção com banquete no Palácio do Itamaraty.(Notícias ao Minuto )

    CONTINUE LENDO


  • Prefeitura de Brumado abre Concurso Público para Cuidadores de Creche e Agentes de Endemias; Edital já está disponível

    Foto: Destaquebahia

    A Administração “Educar para Libertar” publicou no Diário Oficial do Município nesta quarta-feira (14), o Edital para Concurso Público para o preenchimento dos cargos de Cuidador de Creche e Agente de Endemias, destinados as Secretarias de Saúde e Educação.  O certame será será regido pelas disposições deste Edital, tendo como entidade responsável a empresa especializada PLANEJAR Consultoria e Planejamento Ltda EPP, que foi regularmente contratada na forma da Lei nº 8.666, de 21 de junho de 1993, em estrita consonância com o disposto no ordenamento jurídico positivo, e será acompanhado e fiscalizado pela "CCP - Comissão do Concurso Público” especialmente designada para este fim, nos termos da Portaria Municipal Nº 411, de 13 de Novembro de 2018. Serão destinadas 50 vagas para Cuidadores de Creche e 12 vagas para Agentes de Endemias. As inscrições serão abertas na próxima segunda-feira (19) e irão até o dia 30 de novembro. Todas as dúvidas podem ser esclarecidas por meio deste link: http://www.brumado.ba.io.org.br/diarioOficial/download/109/3525/0.



  • Operação contra tráfico de drogas em escolas termina com 42 presos na Bahia

    Foto: Divulgação | SSP

    A Operação Anjos da Lei, deflagrada, na terça-feira (13), pelas polícias Civis de todo Brasil, terminou com 42 pessoas presas e mais de 50 quilos de drogas, apreendidos em Salvador e no interior do estado.
    Mais de 400 policiais civis foram empregados na ação, que visava combater o tráfico de drogas nas imediações de estabelecimentos de ensino.
    Das 42 pessoas presas, 16 foram autuadas em flagrante. Quatorze armas de fogo foram apreendidas, sendo três revólveres e dez pistolas, todas de calibre 9mm.
    Dois quilos de cocaína e mais 51 quilos de maconha, além de porções de crack e balanças de precisão também foram encontradas pelos policiais, durante o cumprimento dos mandados de prisão e de busca e apreensão.
    O delegado-geral Bernardino Brito Filho elogiou a atuação dos policiais civis envolvidos na Operação Anjos da Lei. "O resultado positivo desta ação mostra que a união entre as forças de polícia judiciária de todo país pode, efetivamente, auxiliar no combate à criminalidade", pontuou.







  • Câmara de Brumado antecipa segunda parcela do 13ºdos servidores

    Foto: Destaque Bahia

    A Câmara de vereadores de Brumado efetuou o pagamento da segunda parcela do 13º salário dos servidores. A segunda parcela deveria ser paga até o dia 20 de dezembro, mas o legislativo resolveu adiantar o pagamento, como fez com a primeira parcela, paga em Julho.
     “Estamos buscando realizar uma gestão que efetivamente utilize de forma responsável, coerente e comprometida os recursos públicos. Antecipar o pagamento do 13º salário de nossos servidores possibilita a todos que planejem com antecedência as festividades do final do ano, fato que contribuirá também de forma direta com o aquecimento do comércio local”, explicou Leo Vasconcelos, presidente da Câmara.







  • Brumado: Reparos de redes e manutenção de calçamentos já foram iniciados; afirma secretário

    Foto: Destaque Bahia

    A manutenção das redes de drenagens pluviais e calçamentos que foram danificados pelas chuvas já foram iniciadas em Brumado. Diversos locais já se encontram com equipes de trabalho empenhadas em solucionar os problemas ocasionados pelas chuvas dos últimos dias. O Destaque Bahia entrou em contato com o Secretário de Infraestrutura, Douglas Malheiro, o qual disse que: "além dos trabalhos que já estão sendo executados na cidade, também estamos com máquinas recuperando trechos de estradas na zona rural para possibilitar a passagem de veículos, ainda não há uma previsão de quando ocorrerá a recuperação total de todos os locais danificados, mas faremos o possível para que a situação seja resolvida o quanto antes", disse Douglas Malheiro.

    Brumado: Reparos de redes e manutenção de calçamentos já foram iniciados; afirma secretário

    Foto: Destaque Bahia







  • Gabarito do Enem já está disponível; resultado sai em 18 de janeiro

    Foto: Reprodução

    Estão disponíveis os gabaritos oficiais do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) divulgou os gabaritos de cada uma das provas aplicadas e os cadernos de questões na íntegra. O material está disponível na página do Enem. Os resultados individuais do Enem serão divulgados no dia 18 de janeiro.

    O Inep disponibilizou também todos os vídeos da videoprova em Língua Brasileira de Sinais (Libras) no Canal no Youtube. Segundo a autarquia, Isso permitirá que os surdos e os deficientes auditivos tenham como estudar para futuras edições do Enem em sua primeira língua. As respostas das questões estão no gabarito do caderno verde.  Além disso, estão disponíveis as provas ampliada e superampliada, que são azuis para o primeiro domingo e amarelo para o segundo; e as provas ledor, de cor laranja.



  • Bahia está entre os cinco estados que mais aplicam recursos na saúde

    Foto: Divulgação

    A Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab) contesta a análise realizada pelo Conselho Federal de Medicina (CFM) em recente publicação. No quesito 'despesas totais em saúde', o Estado da Bahia posicionou-se como o quarto colocado em total de recursos aplicados na saúde em todo o país, com mais de R$ 5,360 bilhões. Já em investimentos na saúde, a Bahia se posicionou como terceiro estado que mais investiu em 2017 (R$277 mi), atrás apenas de São Paulo e Minas Gerais (fonte SIOPS Datasus- https://bit.ly/2QEQamm ). 

    Pela lei, cada ente federativo deve investir percentuais mínimos dos recursos arrecadados com impostos e transferências constitucionais e legais. O estudo lembra que os municípios e os Estados ampliaram o gasto, especialmente a partir dos anos 2000, com o estabelecimento da Emenda Constitucional nº 29, que vinculou os recursos da saúde às suas receitas (12% para Estados e 15% para municípios). Em 2008, as prefeituras assumiam 29,3% do gasto total público, percentual que, em 2017, alcançou 31,4%. No mesmo intervalo, no caso dos estados, eles respondiam por 26% das despesas, percentual que em 2017 se manteve em 25%. O Governo da Bahia, em 2017, atingiu o índice de aplicação de recursos em saúde de 13% do total da arrecadação do estado, o que será ultrapassado em 2018.

    Analisando-se a distribuição dos gastos entre os estados, constata-se grande desequilíbrio em favor daqueles que, sabidamente, possuem maior PIB per capita e maiores concentrações populacionais. Essa forma de distribuição, traduz uma política de financiamento fortemente baseada na arrecadação tributária e no critério populacional, mas que não consegue ser suficiente na redução das desigualdades regionais.

    A respeito dos mecanismos de alocação dos recursos empregados pelas esferas de governo, cabe salientar que as transferências de recursos precisam seguir não apenas critérios de igualdade, como os repasses per capita, mas também devem ser reajustados com base nas condições demográficas, epidemiológicas e socioeconômicas de cada município ou região. Esse mecanismo ainda é incipiente na gestão dos recursos do SUS e necessita revisão por parte do Governo Federal.

    O relatório reflete o histórico subfinanciamento do SUS por parte do Governo Federal, que precisa entender a importância de ampliar o financiamento da saúde no Brasil, e ajustar os repasses para corrigir as assimetrias regionais e estaduais.







  • Polícia Civil apreende 10 pistolas e mais de 2 mil munições enterradas em Vitória da Conquista

    Foto: Divulgação Polícia Civil

    A Polícia Civil, através das equipes da Coordenadoria, DTE e DH, prenderam nessa terça-feira (13), Rogério dos Santos Silva, de 43 anos, e Hamilton dos Santos Leite Neto, de 26 anos, Manoel Batista Lima, de 62 anos, e Rogério Meira Santos, de 34 anos, acusados dos crimes de associação para o tráfico, posse ilegal de armas de fogo e munições de uso restrito e associação criminosa armada.

    As equipes da Polícia Civil, após investigações, efetuaram uma busca no sítio vizinho ao de Rogério, preso no último dia 29, localizado no Parque Imperial, próximo da UESB, onde os investigadores localizaram, enterradas em 03 tonéis grandes, 10 pistolas novas, marcas taurus e glock, todas calibre 09 mm de uso restrito e cerca de 2 mil munições, além de um rádio de comunicação e um telefone via satélite usado exclusivamente para conversar com o piloto do avião, que foi preso no dia 20 do mês passado, ocasião em que a Polícia Civil prendeu 03 traficantes e apreendeu um aeronave usada no transporte de armas de fogo e cocaína oriunda do Pará para Vitória da Conquista.

    Polícia Civil apreende 10 pistolas e mais de 2 mil munições enterradas em Vitória da Conquista

    Foto: Divulgação Polícia Civil

    Rogério é apontado nas investigações como a pessoa responsável pelo suporte da organização criminosa nesta cidade. Hamilton e os caseiros dos sítios, Rogério e Manoel ajudavam no transporte terrestre e esconderijo da droga e armas até a posterior distribuição feita por Rogério.Os caseiros confessaram a participação no crime e afirmaram que o esquema de enterrar a Cocaína e Armas em tonéis no sítio vizinho era feito há mais de 03 meses por Rogério, onde chegaram a ajudar a esconder no local, durante esse período que operou o esquema, cerca de meia tonelada da droga.

    Os autores serão encaminhados posteriormente para o Conjunto Penal, onde permanecerão à disposição da Justiça.







  • Mais de 70 cabeças de gado morrem de forma misteriosa em fazenda de Tanhaçu; ADAB investiga o caso

    Foto: Informe Barra

    A morte misteriosa de mais de 70 cabeças de gado intriga moradores da zona rural de Tanhaçu. De acordo informações enviadas ao Destaque Bahia, os animais podem ter sofrido uma forte descarga elétrica, ou ter consumido ração intoxicada. A ADAB de Barra da Estiva em parceria com a unidade de Brumado está investigando o caso e veterinários já colheram amostras no local para realização de análise. A morte em massa dos animais causa grande preocupação em criadores de toda região, que estão apreensivos quanto à alimentação de seu rebanho. Pelo fato de o gado ser de raça no qual tem um grande valor no mercado, estima se que prejuízo seja de mais de R$ 100 mil reais







  • Venezuela, Moçambique e Cuba devem R$ 1,8 bi em pagamentos atrasados ao BNDES

    Venezuela, Moçambique e Cuba devem US$ 459,2 milhões (R$ 1,8 bilhão, pelo câmbio de terça-feira) ao Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) em pagamentos atrasados.

    Embora tenham garantia do Tesouro Nacional, os atrasos exigem provisionamento para perdas no balanço financeiro da instituição de fomento. O estrago nos resultados do terceiro trimestre, que serão divulgados na quarta-feira, poderá ser bilionário. Os dados foram informados pelo BNDES na noite de terça-feira, 13, em resposta a questionamento do Estado.

    Venezuela

    Em meio a crise política, recessão e hiperinflação, o caso que mais preocupa é o da Venezuela. O país vizinho tem um total de US$ 274 milhões de pagamentos da dívida em atraso com o BNDES – desse valor, US$ 159 milhões estão atrasados há mais de 180 dias. Questionado sobre o valor que seria provisionado no balanço para arcar com o calote, o BNDES respondeu que “segue a resolução do Bacen (Banco Central) com base nos atrasos do devedor, atingindo 100% de provisão caso os atrasos atinjam 180 dias”. Pelo câmbio médio do terceiro trimestre, o total atrasado há mais de 180 dias equivale a R$ 628 milhões.

    A dívida total da Venezuela é maior. Até o fim de 2017, o BNDES havia liberado US$ 1,507 bilhão apenas para obras de construtoras brasileiras no país vizinho – sem contar as exportações de bens. A dívida remanescente era de US$ 814 milhões, no início deste ano, também considerando apenas o financiamento a serviços de engenharia.

    O maior empréstimo na Venezuela, de US$ 865 milhões, foi firmado no fim de 2010, destinado às obras de uma fábrica da Usina Siderúrgica Nacional, tocada pela Andrade Gutierrez. O segundo maior financiamento também foi para uma obra tocada pela Andrade Gutierrez, a construção de um estaleiro. O empréstimo foi de US$ 638 milhões, firmado em 2011. Já a Odebrecht conseguiu que o BNDES emprestasse, em 2009, US$ 528 milhões para construção de uma linha de 12 quilômetros do Metrô de Los Teques.

    A Venezuela começou a atrasar os pagamentos ao BNDES em setembro do ano passado. A parcela devida naquele mês foi paga apenas em janeiro deste ano. Por causa desses calotes, o banco de fomento foi indenizado em US$ 139 milhões pelo Seguro de Crédito à Exportação (SCE), bancado pelo Tesouro Nacional.

    Cuba

    Já no caso de Cuba, as dívidas em atraso, desde junho, somam US$ 71,2 milhões – “USS 26 milhões relativamente a financiamentos de exportação do BNDES e cerca de 40 milhões euros no Proex Financiamento (linha com subsídios federais para apoiar exportações de empresas de menor porte)”, segundo a assessoria de imprensa do banco. A ilha caribenha já pagou a parcela da dívida referente a maio com atraso, como revelou o Estadão/Broadcast em setembro.

    Questionado sobre o valor do provisionamento por causa desse calote, o BNDES informou apenas que “segue a resolução do Bacen com base nos atrasos do devedor, atingindo 100% de provisão caso os atrasos atinjam 180 dias”. Em setembro, quando foram revelados atrasos de Cuba, o BNDES informou que atrasos de 50 a 60 dias estão dentro da média da ilha caribenha, ao longo de 20 anos. Os atrasos seriam “pontuais” e “oriundos de problemas operacionais e climáticos”.

    Como tem sido registrado no noticiário internacional, a economia cubana foi atingida neste ano pela crise da Venezuela, que subsidiava o fornecimento de petróleo à ilha, a reversão de parte da distensão diplomática com os Estados Unidos, após a posse de Donald Trump, e os danos causados pela passagem do furacão Irma, no ano passado. Empossado este ano, o presidente Miguel Díaz-Canel, que substituiu Raúl Castro, irmão mais novo de Fidel, alertou em julho que a crise levaria o país a apertar os cintos.

    Em setembro, o BNDES havia informado que, desde 1998, financiou cerca de US$ 880 milhões em exportações realizadas por 33 empresas brasileiras para Cuba. Até então, a ilha caribenha havia pagado cerca de US$ 490 milhões em amortizações e juros.

    O destaque nas operações para Cuba é o empréstimo de US$ 682 milhões, contratado em cinco operações entre 2009 e 2013, para o Porto de Mariel, a 45 quilômetros da capital, Havana. As obras foram tocadas pela Odebrecht e foram inauguradas em janeiro de 2014, com a presença da então presidente Dilma Rousseff.

    Moçambique

    No caso de Moçambique, os atrasos começaram em novembro de 2016. O BNDES já foi indenizado em US$ 29,7 milhões pelo SCE, bancado pelo Tesouro Nacional.

    Um dos empréstimos que não foram pagos foi o financiamento de US$ 125 milhões para a construção do Aeroporto de Nacala, no norte do país, a cargo da Odebrecht. A obra virou um elefante branco – no fim do ano passado, como mostrou o Estado, o terminal operava com 4% da capacidade de 500 mil passageiros por ano. No início deste ano, a dívida total do país da costa lesta africana com o BNDES era de US$ 161 milhões.(Estadão)

    CONTINUE LENDO


  • TRE-BA manda para TSE processo sobre estrelas do PT em ônibus de Salvador

    O Tribunal Regional Eleitoral da Bahia (TRE-BA) encaminhou ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) o processo sobre os adesivos com estrelas do PT que foram colados em ônibus coletivos em Salvador (veja aqui).

    Segundo decisão da desembargadora Gardênia Duarte, o processamento e julgamento do caso compete ao TSE, já que envolve irregularidade na propaganda das eleições presidenciais, no caso, em favor do candidato do PT à Presidência, Fernando Haddad. 

    A representação foi feita pela coligação Coragem para mudar a Bahia, encabeçada pelo candidato ao governo do Estado José Ronaldo (DEM). Eles acusam a Associação das Concessionárias do Serviço de Transporte Público de Passageiros por Ônibus Urbanos de Salvador (Integra) e o Partido dos Trabalhadores de organizar a propaganda para “angariar mais votos e ludibriar o eleitorado da cidade de Salvador e demais municípios da Região Metropolitana”. 







  • Prefeita de Malhada de Pedras visita Cras e acompanha entrega de alimentos do PAA a famílias carentes

    Foto: Destaque Bahia

    A prefeita de Malhada de Pedras, Terezinha Baleeiro, tem realizado ações de assistência social, através do Cras, buscando oferecer maior qualidade de vida aos cidadãos. Na manhã de hoje (13), a prefeita fez questão de acompanhar a entrega de alimentos do Programa de Aquisição de Alimentos (PAA), que é realizado toda semana a famílias carentes. O programa do Governo Federal consiste no Cadastro das famílias que precisam do auxílio, impulsionando também a economia local, já que todos os produtos são adquiridos através de pequenos agricultores do próprio município.

    Prefeita de Malhada de Pedras visita Cras e acompanha entrega de alimentos do PAA a famílias carentes

    Foto: Destaque Bahia

    Os alimentos são distribuídos de forma ordenada, atendendo a sede e a zona rural, alternando a cada semana.







  • Operação Anjos da Lei já prendeu 24 pessoas na Bahia

    Foto: Divulgação | SSP

    A Operação Anjos da Lei, deflagrada pelas polícias Civis de todo Brasil, na manhã desta terça-feira (13), para combater o tráfico de drogas em perímetro escolar, já resultou na prisão de 24 pessoas e na apreensão de mais de dez quilos de drogas, em Salvador e cidades do interior. Mais de 400 policiais civis estão envolvidos na ação, que visa cumprir 100 mandados de prisão e de busca e apreensão.

    Dos alvos localizados até o momento, 17 estavam com mandados de prisão em aberto por envolvimento com o tráfico, seis foram autuados em flagrante e um era fugitivo do sistema prisional. Além das drogas, a polícia também apreendeu armas, dinheiro, celulares e balanças de precisão.







  • Bahia está entre os 14 estados que superam limite da LRF para gastos com pessoal em 2017

    A Secretaria do Tesouro Nacional informou nesta terça-feira (13) que 14 estados da federação superaram em 2017 o limite da Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF) de 60% da receita corrente líquida em gastos com pessoal, incluindo ativos a aposentados. Os dados constam no boletim de finanças dos entes subnacionais.

    Os estados que ficaram acima do limite, no ano passado, foram: Minas Gerais, Mato Grosso do Sul, Rio Grande do Norte, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Mato Grosso, Sergipe, Acre, Paraíba, Roraima, Paraná, Bahia, Santa Catarina e Alagoas.

    O Tesouro Nacional observa que há diferença nas metodologias, sancionadas pelos respectivos Tribunais de Contas, dos cálculos da despesa com pessoal nos estados, de modo que há "diversos critérios de apuração".

    Alguns estados, por exemplo, não consideram gastos importantes, como despesas com pensionistas, imposto de renda retido na fonte e as despesas com obrigações patronais.

    A instituição explica, porém, que seus números foram "ajustados visando seguir da melhor forma possível os conceitos e procedimentos do Manual de Demonstrativos Fiscais (MDF) e do Manual de Contabilidade Aplicada ao Setor Público (MCASP)".

    Para tentar harmonizar as estatísticas, o Tesouro Nacional já assinou acordo com os tribunais de contas dos estados. A ideia é que essa padronização de regras para os estados comece a vigorar a partir de 2019.

    CONTINUE LENDO


  • Homem é preso com R$ 30 mil em notas falsas em Vitória da Conquista

    Foto: Divulgação | PRF

    Um homem de 44 anos, que não teve a identidade revelada, foi preso em flagrante em um ônibus R$ 30 mil em notas falsas, na BR-116, em Vitória da Conquista, no sudoeste da Bahia.

    De acordo o G1, o suspeito foi preso depois de uma fiscalização da Polícia Rodoviaria Federal (PRF), no KM-830, em um ônibus que fazia a linha Ribeirão Preto (SP) x Salvador. A abordagem ocorreu no domingo (11).

    Ainda segundo a PRF, o homem ficou nervoso ao perceber a presença da polícia no veículo. Na ação, foram encontradas 3a00 cédulas de R$ 100 reais com indícios de falsificação. O falso dinheiro estava enrolado em roupas na bagagem do homem.

    Durante a abordagem, o suspeito informou que adquriu o dinheiro pelo valor de R$ 1 mil, e que repassaria as notas em feiras de cidades do interior da Bahia.

    O homem foi levado para o Presídio Regional de Vitória da Conquista. Ainda de acordo com a PRF, o suspeito já foi flagrado anteriormente com notas falsas e responde a ação penal no estado de São Paulo.